Júnior Araújo rebate acusações de José Aldemir, chama o deputado de irresponsável e diz que vai pedir garantia de vida


O advogado e secretário municipal de Articulação Política Junior Araújo rebateu, durante o programa Boca Quente, da Difusora Rádio Cajazeiras, nesta quinta feira (27), as acusações do deputado estadual José Aldemir de estar por trás das denúncias contra o presidente da Câmara Marcos Barros, acusado de ter estuprado uma menor no interior daquela Casa Legislativa.

Júnior fez um relato de como tomou conhecimento da situação. Segundo ele, foi procurado por uma família que fez a denúncia através de documentos e ao saber da pessoa denunciada, o vereador Marcos Barros, não se propôs a aceitar a causa, justamente para se isentar de qualquer briga ou aresta política. O advogado afirma que está sendo citado injustamente pelo deputado José Aldemir, ao qual taxou de irresponsável pelas declarações no plenário da Assembleia Legislativa.

“Sou pai, tenho família, esposa e filhos, como sei que o presidente também tem, e não poderia me aproveitar de uma situação dessa natureza para fazer politicagem” disse Júnior Araújo, que completou: “não vou admitir que o deputado esteja envolvendo meu nome nesse caso buscando culpados onde não existe”.

No final, Júnior afirmou que está recebendo mensagens com ameaças e irá pedir garantia de vida e terminou dizendo: “quem tem culpa que seja julgado e penalizado”.

Com informações do Blog do Furão

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *