José Aldemir defende Marcos Barros como o vice de Carlos Antonio, convida Jeová Campos para o grupo e descarta apoio de Júnior Araújo

TATYANA
0
AM3 – 250×250
O deputado estadual José Aldemir (DEM) durante entrevista ao programa Rádio Vivo da emissora Alto Piranhas nesta quinta-feira (01), chamou de factóides e especulações a polêmica sobre caso envolvendo o presidente da Câmara de Cajazeiras, Marcos Barros (PSB) na justiça. De acordo com o deputado, não serão essas intrigas que farão Marcos Barros deixar de ser candidato a vice-prefeito na chapa da oposição.

Apesar de alguns membros do grupo da oposição alegarem que a vaga deve ser de um empresário, José Aldemir insistiu em dizer que, o candidato a vice-prefeito na chapa de Carlos Antonio (DEM) é o atual presidente da Câmara e que só falta ele dizer que aceita para acontecer a confirmação.

“A indicação de Marcos é uma opinião minha e que tem o apoio da maiorida dos vereadores e lideranças políticas do grupo. Está na hora de reconhecermos seu trabalho”, disse o deputado. José Aldemir disse ainda que, a chapa está pronta para vencer o grupo da situação que têm mostrado descomprometimento com o povo de Cajazeiras.

Apesar de ter confirmado a composição da chapa de oposição, o deputado José Aldemir disse que outros nomes têm que estar à disposição do grupo, como Denise Oliveira (esposa de Carlos Antonio) e o empresário Arlan Rodrigues (PP).


Jeová Campos

Com relação à chapa formada pelo ex-deputado Jeová Campos (PT) e do advogado Júnior Araújo (PDT), José Aldemir disse que não tem nada a ver que seu apoio a Carlos Antonio sempre foi muito claro. Entretanto, o deputado disse que se Jeová desistir do pleito e resolver vir para seu colegiado será muito bem vindo.

Por outro lado, José Aldemir foi enfático ao dizer que não tem o menor interesse em receber o advogado Júnior Araújo (PDT) em seu colegiado.


Com reportagem do Diário do Sertão

ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.