Jesus monta camping no litoral de Alagoas


JESUS-AL

Mesmo com um cenário exuberante de areias brancas, mar manso em diversos tons de azul e piscinas naturais a poucos metros da costa, a praia de Ponta de Mangue, em Maragogi, não teria o mesmo encanto sem a receptividade de Sávio Veloso, pernambucano de 54 anos, mais conhecido como Jesus, que abre todo verão as portas do seu paraíso, um camping à beira mar, para quem deseja desfrutar das belezas naturais do litoral alagoano.

A estrutura foi erguida de forma rústica em um antigo sítio de coqueiros. Jesus é natural de Garanhuns. Todo mundo na região o chama assim por causa da sua aparência. O empresário, que era dono de um bar em Olinda (PE), chegou a Maragogi, no Litoral Norte de Alagoas, em 2000. Logo o comprimento do cabelo e da barba lhe renderam o apelido.

No sítio que herdou dos bisavós, Jesus montou o camping com uma proposta de viver da terra, tirando seu sustento e resgatando o movimento campista, bastante praticado por ele na juventude.

O camping de Ponta de Mangue dispõe de instalações para barracas, estacionamento para trailers e de quartos simples, tudo a um preço modesto em comparação aos valores praticados nas demais hospedarias da região. O lema aqui é o desapego dos hábitos urbanos.

“O campismo é um movimento de socialização, onde as pessoas buscam desfrutar de lugares interessantes de forma barata e sem se preocupar com o que é declarado como luxo. Esta é a essência do camping de Ponta de Mangue. O luxo aqui é dormir e acordar à beira mar, sentir a areia, a brisa e desfrutar da sombra de um coqueiro”, diz Jesus.

Embora a simplicidade seja a ordem do lugar, o camping dispõe de áreas de convivência construídas ao modo de Jesus. Entre o espaço ‘praia’ e ‘rural’ estão a mesa da grande ceia, que fica ao lado da churrasqueira, cinema ao ar livre, área de leitura, geladeira para uso coletivo, pontos de energia, banheiros masculinos e femininos e chuveirões.

No camping há um telefone público, o orelhão, para quem precisar fazer alguma ligação, já que o sinal de telefonia móvel não é dos melhores. A hospedagem não oferece internet, entretanto, Jesus garante que os visitantes do lugar não ficam de fora das redes sociais. “Rede social aqui não é problema. Temos várias, entre elas a que fica armada nas árvores e coqueiros sob sombra e brisa leve, ótima para dormir ou ler um bom livro, além da roda de violão durante as noites, essas, quando são compartilhadas, não há quem não curta”, brinca.

Sobre as águas
Para aqueles que estão acelerados diante da rotina da urbanidade e consideram a vida na praia tranquila demais, “Jesus” recomenda a terapia de “andar sobre as águas”, mas fazendo uso de caiaque ou prancha de windsurf, claro. Apesar do nome, o Jesus de Ponta de Mangue não opera milagres, mas ensina a relaxar.

“Essa é uma oportunidade única de diversão para muita gente que vem aqui. Nesta espécie de terapia, alguns minutos são suficientes para renovar as energias e aliviar as tensões do corpo e da mente”, garante Jesus, que além das aulas, aluga o material para quem pretende velejar nas águas quentes de Ponta de Mangue.
Com o empreendimento localizado em uma das praias mais charmosas do Nordeste, Jesus abriga os visitantes ao custo de R$ 30 por pessoa a diária no camping, e R$ 70 em quartos simples, adaptados na casa onde mora. Valores que podem variar conforme o período do ano.

Com capacidade de ocupação limitada, os interessados em desfrutar do paraíso de Jesus devem agendar previamente a estadia no local pelos telefones (82) 3296-9182 ou (81) 9428-9100.

G1

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *