Higino Rolim, o traquinocronista

Personagens que fizeram e que fazem a história de Cajazeiras

HIGINO ROLIM NETO

26/09/1929, Cajazeiras (PB) – 07/12/2018, Fortaleza (CE)


Higino Rolim Neto nasceu em Cajazeiras em 26 de setembro de 1929. Filho do poeta Cristiano Cartaxo, foi seminarista salesiano, mas depois enveredou pelos caminhos da educação, sendo professor do Colégio Diocesano de Nazaré da Mata, em Pernambuco.

Trabalhou em Recife (PE) e depois foi funcionário do Banco do Nordeste em Fortaleza (CE). Ainda mediante concurso, foi escriturário do Banco do Brasil.

Higino Neto publicou textos em jornais, revistas e antologias, além de ter publicado os livros Zé pesado e Outros Contos, Neidinha: contos e recordações, Traquinocrônicas: o antiestressante (crônicas de gozação) e Meus Oitenta Anos.

Foi casado com Zilda Rebouças e teve três filhos: Mônica, Cristiano e Isabel Gardênia, de quem ficou viúvo. Casou-se novamente, desta vez com Dalva Rebouças, prima da sua primeira esposa, com quem não teve filhos.

Faleceu em Fortaleza, aos 89 anos, após complicações decorrentes de sucessivos AVCs, onde convalesceu por aproximadamente dois anos.

COM INFORMAÇÕES DO GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *