Grandes conquistas

A COLUNA DE REUDESMAN LOPES FERREIRA

COISAS DE CAJAZEIRAS
ACADEMIA-ESCOLA PARA AULAS DO CURSO DO BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA FASP / FOTO: REUDESMAN LOPES

Neste sábado, 1º de setembro, comemoramos o Dia do Profissional de Educação Física, assim como o nosso país, o nosso alto sertão nordestino, mais especificamente a região de Cajazeiras, tem muito a agradecer a Deus pelo desenvolvimento e pela estrutura que estamos alcançando. São conquistas que estão a engrandecer a Educação Física e que ao longo destes anos solidificam essa profissão.

Estamos passando pelos novos tempos desta e, tudo isso graças ao empenho e desempenho dos seus profissionais que lutam para cada dia vê-la em um patamar de sucesso e desta forma, receber o reconhecimento da sociedade e fazer com que, ela fortaleça cada vez mais esse processo entendendo o quão é importante a presença deste profissional em seu meio.

Os veículos de comunicação fizeram com que as atividades físicas e as academias ganhassem muita notoriedade quanto a saúde física e mental da população, entretanto, reconhece que a participação do profissional de Educação Física se faça presente neste momento.

Queremos ter uma Educação Física de qualidade e, para tanto, necessitamos de profissionais qualificados, competentes e comprometidos com a causa. Neste caso, a formação destes profissionais é fundamental e Cajazeiras, atualmente, conta com dois cursos de Bacharelado em Educação Física, Faculdade São Francisco da Paraíba (FASP), Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Cajazeiras (FAFIC) e um curso de Licenciatura Plena em Educação Física EAD.

Registramos que como a região tem uma extensão muito grande e, como o Conselho Regional de Educação Física CREF 10/PB está vindo em um processo de interiorização de suas atividades, Cajazeiras já possui uma representação deste conselho que atende a todos os profissionais do alto sertão.

Se ontem éramos vistos apenas como professores da disciplina Educação Física, a necessidade de um profissional em outras atividades, fizeram com que a figura do bacharel viesse com muita força para atender as demandas das academias, hotéis, praças e ruas, hospitais e vai por ai afora.

O que podemos contabilizar como grandes conquistas? O reconhecimento da sociedade quanto ao papel da prestação de serviço do profissional de Educação Física, na melhoria da sua qualidade de vida, no lazer e como essencial na precaução de sua saúde física e mental.

A todos aqueles, que como eu, ama essa profissão e procura cada vez mais o seu fortalecimento, que possamos comemorar a data e entender que precisamos de união e força para levantar a bandeira de uma Educação Física que atenda a todos que necessitam dela para a vida.

REPLAY Não deu para o Botafogo PB contra o Botafogo SP, mesmo realizando uma grande partida em Ribeirão Preto e segurando a vantagem, 1 a 0, obtida em João Pessoa, o time paraibano sofreu um gol faltando 20 segundos para o término da partida. Com o placar igual em ambos os encontros, a partida foi decidida nas penalidades e o Bota paulista acabou vencendo já que o Belo de João Pessoa desperdiçou duas cobranças de penais. Assim e, mais uma vez o time da capital deixa escapar o seu acesso para Série B da próxima temporada e continuará na Série C do brasileirinho.

ELEIÇÕES As eleições para a presidência da Federação Paraibana de Futebol ganha mais uma concorrente, ela é Michelle Ramalho e trata-se de uma auditora do Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Com a confirmação do seu nome, alguns clubes já começam a confirmar os seus apoios a essa candidatura. Enquanto isso, Eduardo Araújo afirma ter apoio de clubes e ligas, Josivaldo diz que vai correr por fora, e não desistirá e por fim, Sandro Gomes, filho de Rosilene e também candidato a presidente quer ter uma administração diferente da que foi a sua mãe.

BOLA DENTRO Para a instalação do Museu de Cajazeiras no casarão dos Sobreiras. Quem estiver visitando-o vai também observar o acervo de fotografias, documentos, taças e camisas dos clubes do futebol cajazeirense. NOTA 10!

BOLA FORA Para a derrota do Botafogo PB nas penalidades. Após segurar o Bota SP até os 48 minutos o gol sofrido nos acréscimos foi fatal. Nas penalidades, nova decepção e o sonho da Série B fica adiado mais uma vez. NOTA 0!

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *