Governador eleito, João Azevêdo obteve mais de 75% dos votos válidos de Cajazeiras


JOÃO AZEVÊDO / FOTO: WALLA SANTOS

O engenheiro João Azevêdo (PSB) foi eleito governador da Paraíba neste domingo (7). O candidato obteve 58,18% dos votos válidos no primeiro turno das Eleições 2018. A Justiça Eleitoral concluiu a apuração das urnas às 23h. Lucélio Cartaxo (PV) obteve 23,41% dos votos, Zé Maranhão (MDB), 17,44%, Tárcio Teixeira (PSOL), 0,81% e Rama Dantas (PSTU), 0,16%.

Com 100% das urnas apuradas, João Azevêdo obteve 1.119.758 votos, que representaram 58,18% dos válidos. Lucélio Cartaxo obteve 450.525, ou 23,41% do total. Em Cajazeiras, João Azevêdo obteve 22.456 votos ou 75,26%. Apoiado pelo prefeito José Aldemir (PP), o candidato Lucélio Cartaxo ficou com apenas 4.887 votos ou 16,38%. O senador José Maranhão (MDB) tirou 2.278 votos em Cajazeiras, ou 7,63%. Tárcio Teixeira (PSOL) ficou com 192 votos e Rama Dantas teve o crédito de 34 eleitores na cidade.

QUEM É O governador eleito da Paraíba, João Azevêdo (PSB), que tem como vice da chapa a candidata Lígia Feliciano (PDT), nasceu em 1953, no bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa. Em 1979 ele se formou em Engenharia Civil pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e, no ano seguinte, assumiu a diretoria da Divisão de Planejamento Habitacional do Instituto de Previdência do Estado da Paraíba (IPEP), quando também terminou a pós-graduação em metodologia do ensino técnico.

João Azevêdo foi professor do Instituto Federal de Educação Tecnológica (IFPB), chefe da assessoria de planejamento econômico da Urban. Em 1986 ele assumiu a secretaria de serviços urbanos da prefeitura de João Pessoa e em 2003 ocupou o cargo de secretário de planejamento da prefeitura de Bayeux. Na vida pública, o candidato também passou pela chefia de gabinete da Sedurb, assessoria da Seplan e secretaria de habitação.

Em 2007, João assumiu a secretaria de infraestrutura de João Pessoa e, em 2011, tornou-se secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia da Paraíba, função da qual foi exonerado no dia 5 de abril de 2018 para disputar o cargo de governador.

PRINCIPAIS PROPOSTAS Durante a campanha, João Azevêdo defendeu a criação de escolas em tempo integral e ensino bilíngue, novas escolas técnicas, e uma nova modalidade de EJA. João prometeu ampliar o número de leitos para internações de longa permanência e reformar os hospitais que integram a Rede Estadual de Saúde.

No setor de infraestrutura, defendeu a conclusão da implantação da Adutora Transparaíba, realização das obras para a contenção da erosão da Barreira de Cabo Branco e implantação de um veículo leve sobre trilhos (VLT) em Campina Grande. O plano de governo dele promete criar Centros de Comando e Controle em João Pessoa, Campina Grande e Patos, e implantar novos Institutos de Polícia Científica (IPC) e Núcleos de Medicina e Odontologia Legal (Numol).

O documento ainda propõe criar e manter o Programa Primeiro Emprego, fazer concurso público para a área de educação e para os quadros do sistema de segurança. Para os agentes penitenciários, pretende fortalecer planos de cargos, carreiras e remunerações. O candidato do PSB também promete, conforme plano de governo, fomentar a revitalização da cultura do algodão.

COM INFORMAÇÕES DO G1

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *