TATYANA

Gol no início e expulsão do Naça foram cruciais para vitória do Atlético de Cajazeiras

Trovão Azul agora enfrenta o CSP, no próximo domingo, em João Pessoa.

5
AM3 – 250×250

Apesar do placar de 2 a 0 indicar uma vitória relativamente tranquila para o Atlético de Cajazeiras sobre o Nacional de Patos, nessa quarta-feira, na estreia dos dois times no Campeonato Paraibano, dentro de campo a história não foi bem assim. Pelo menos essa é a visão de Ederson Araújo, técnico da equipe alviazulina. Diante de um adversário mais retraído, o comandante do Trovão Azul disse que sua equipe encontrou dificuldades em propor o jogo e, para ele, o gol marcado logo no início da partida – que aconteceu no Estádio Perpetão, em Cajazeiras – foi determinante para aliviar a pressão pela busca por resultado e fazer com que seu time chegasse ao segundo gol.

– Conseguimos fazer um gol de bola parada logo de cara, com apenas 20 minutos de jogo. Isso facilitou, pois a equipe adversária se abriu mais – analisou o comandante do time cajazeirense.

Com o gol marcado, o cenário da partida mudou. Isso porque, logo após, aos 25 minutos do primeiro tempo, André Lima foi expulso e o Nacional de Patos ficou com um jogador a menos. O Atlético-PB se aproveitou da situação, conseguiu encontrar mais espaços, aumentou sua eficiência com a bola e chegou mais vezes ao ataque. O volume de jogo, porém, não foi o suficiente para o time conseguir chegar a um placar elástico. O Trovão Azul só chegou às redes novamente no segundo tempo da partida, com o zagueiro Wesley, numa jogada de bola aérea.

– A partir daí nós conseguimos chegar com um pouco mais de qualidade. Mas ainda não conseguimos fazer aquilo que nós esperávamos. Dava para ter feito um pouquinho mais, respeitando o adversário, mas, com o volume de jogo que nós tivemos, nós poderíamos ter saído com um resultado um pouco melhor – reconheceu Ederson Araújo.

Autor do segundo gol, o zagueiro Wesley, por sua vez, comemorou o gol marcado. Gol que teve um gostinho especial para o defensor, uma vez que foi justamente contra o seu ex-clube.

– Estou muito feliz. Inclusive, brincaram bastante comigo. Amigos, familiares e o pessoal mais próximo. É glorificar pelo gol, foi muito importante, pois precisávamos conseguir esses três pontos dentro de casa. Agora é descansar, pois teremos um grande jogo (na próxima rodada) – disse Wesley.

O Atlético-PB agora se prepara para o confronto contra o CSP. O time cajazeirense viajará até João Pessoa, onde enfrentará o Tigre no próximo domingo. A partida é válida pela segunda rodada do Campeonato Paraibano e está marcada para às 16h do próximo domingo.

FONTE: GLOBO ESPORTE
ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.