Gobira faz campanha em jumento e arrasta eleitores para o voto de protesto


gobira1_800x600

Entre os candidatos populares, sem estrutura de campanha, filiado a um pequeno partido e apostando na multiplicação dos votos de protesto, o ex-policial militar e sapateiro Antônio Gobira tem chamado a atenção no Alto Sertão da Paraíba pela multidão que arrasta nas suas atividades de campanha. Em Cajazeiras (a 480 quilômetros de João Pessoa), suas caminhadas e passeatas, convocadas geralmente pelas redes sociais, tem a participação irreverente de centenas de eleitores.

Candidato do PSOL a deputado federal, Antônio Gobira tem conseguido desbancar eventos de outros candidatos já conhecidos e filiados a grandes partidos. No dias em que suas atividades de campanha coincidem com a desses adversários, é unânime a opinião dos eleitores de que o sapateiro conseguiu reunir muito mais simpatizantes.

gobira2_800x600

Gobira tem 57 anos. Já disputou outras eleições, mas não teve tanta repercussão. Ele tem o ensino fundamental incompleto e ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que o seu limite de gastos na campanha é de R$ 200 mil.

Nas eleições deste ano, o sapateiro tem um slogan de campanha singular: ‘Prego batido e ponta virada’. Em seus comícios, Gobira faz discursos inflamados, lembrando que é trabalhador e que tem uma vida humilde.

O apoio popular, baseado no voto de protesto, tem feito a diferença para esse candidato. Na sexta-feira passada, montado em um jumento, Gobira realizou um dos mais movimentados eventos políticos realizados em Cajazeiras nas eleições deste ano. Teve concentração, adesivagem e discursos.

Nas redes sociais, artistas, populares e empresários de Cajazeiras postaram mensagens de apoio à candidatura do sapateiro. O humorista Zé Lezin, que não é natural daquela cidade, também fez um vídeo. A maioria desses depoimentos é gravada pelo próprio candidato, que não tem página na internet, mas usa o Facebook como plataforma de sua campanha online.

PORTAL CORREIO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *