Frei Damião, o venerável santo nordestino

POR BOSCO MACIEL

BOSCO MACIEL

Papa Francisco, gosto de suas ações e exemplos! Muito bonito mesmo. … e, até entendo que o Senhor como ‘Papa’ não pode sair por aí ‘Canonizando’ a torto e a direito, apesar de sabermos que este ‘processo’ com ‘Papas’ corre mais ‘celeremente’.

Também acho que pra ser considerado Santo o ‘Postulante’ tem de no mínimo fazer o que São Francisco de Assis fez em relação ao ‘Semelhante’ – em vida -, deixando um legado humanitário amplamente apreciável. … e, recentemente (sob sua reconhecida ‘coerência’ e ‘coragem’), o Vaticano conferiu ao nosso Frei Damião, o ‘título’ de Venerável.

Sim Papa Francisco, estamos felizes com a ‘sagração’ ao nosso Santo Nordestino! Mas, acho que o Senhor pode fazer mais! O Senhor pode ‘oficializá-lo’ como Santo em espaço de tempo ‘menor’ do que o estabelecido nas Leis ‘católicas romanas’. O Senhor pode pular a fase da beatificação. Isso mesmo. Não precisa nem ‘beatificar’, canonize (santifique) ‘logo’ nosso Frei Damião.

Sabe porquê? Porquê, para os Nordestinos, Frei Damião já é santo desde as primeiras ‘Santas Missões’ realizadas por ELE no ‘chão seco’ do sertões, ainda no raiar do século XX. Quando suas jornadas diárias se iniciavam com uma ‘Procissão’ iluminada a chamas de velas, cânticos, e rezas, pelas escuras madrugadas. Quando, se entregava ao repouso em casas pobres, dormindo em ‘esteira’ no chão.

Aí o Senhor pode me questionar: “rapaz, isso que você pede, é quase impossível! Existem os ritos canônicos (seculares) que regem este processo. E a canonização se faz viável apenas para ‘postulante’ que tenha milagre ‘feito’ e ‘comprovado'”.

E, nosso pontífice pode até acrescentar: “Aproveito, para pedir-te que me mostre pelo menos um milagre ‘realizado’ pelo ‘Capuchinho’ Frei Damião”. O que me leva a responder: “Papa Francisco, pois se prepare, que eu mostro é já!

E, o que vou falar a seguir, pode perguntar para qualquer paraibano de Cajazeiras (a Cidade que ensinou a Paraíba a ler), que confirmará tudo ‘tim tim’ por ‘tim tim'”: “Eu e Papai estávamos na Igreja São João Bosco (hoje Nossa Senhora da Piedade, nos idos de 1958 (eu tinha 8 anos de idade)) para assistir a homilia de Frei Damião. E, ele estava confessando uma infinidade de pessoas (desde 5h da manhã) e já era 8h da noite. E, o povo seguia em frente à igreja (tinha muita gente) lhe esperando. Depois de Frei Damião ouvir o ‘último’ que se ajoelhou no confessionário, ele veio à frente da Igreja para proferir sua costumeira e esperada homilia (tarefa sagrada em suas ‘Missões’ peregrinadas pelos SERTÕES dos estados Nordestinos que compõe o ‘Polígono das Secas’). E, logo que subiu ao púlpito, o céu começou a estremecer com tanto relâmpago e trovão. Ameaçava cair uma chuva da grossa (um temporal como se diz no sul). E, o povo que estava para ouvi-lo, começou a querer dispersar, procurando abrigo para se proteger do ‘temporal'”. Foi quando Frei Damião (de dedo em ‘riste’ apontando para o alto) gritou: … “ão sai ninguém! ” E, olhando para o céu com voz mais ‘forte’ ainda, ordenou: … “Que não caia um pingo d’água, eu ordeno, não vai chover não! Agora não!”.

Papa Francisco, eu sei, que o céu começou a limpar, as nuvens se esconderam, os trovões silenciaram, e os relâmpagos já não chicoteavam, em perceptível ‘submissão’ ao nosso ‘Padim’. Até, não se ver mais qualquer ameaça de chuva. E, o povo feliz, com o céu calmo, ouviu mais uma homilia deste Homem que pra todo Nordestino, já é Santo.

Papa Francisco, agradecemos pela outorga de ‘Venerável’. Mas, ignorando o ‘Código de Direito Canônico’ Frei Damião é para um povo, ‘o Santo Nordestino’!

BOSCO MACIEL É POETA, FOLCLORISTA, CANTADOR, FUNDADOR DA CASA DOS CORDÉIS E MEMBRO EFETIVO DA ACADEMIA GUARULHENSE DE LETRAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *