Ex-deputado Jeová Campos anuncia adesão à pré-candidatura de Carlos Antonio: “vim pra ficar!”



O ex-deputado estadual Jeová Campos (PT), em entrevista coletiva a imprensa de Cajazeiras nesta terça-feira (26), declarou seu a apoio a candidatura do ex-prefeito Carlos Antônio (DEM), rachando definitivamente com o grupo da situação e com a família Abreu.

De acordo com o petista, a decisão de apoiar o ex-gestor cajazeirense partiu de divergências dentro do partido, que decidiu apoiar o projeto de reeleição de Carlos Rafael (PTB). “Meu apoio a esse grupo é incondicional. Não estou aqui para uma passagem, vim para ficar”.

Jeová assegurou que todas as dificuldades com o ex-prefeito de Cajazeiras foram superadas, inclusive sua prisão em 2006, que teria ocorrido por influência de Carlos Antônio. “Essa história de que Jeová vai para os braços de quem o prendeu está sepultada pela história”, assegurou o ex-parlamentar

Não engoliu
O ex-deputado demonstrou mágoa de Rafael e declarou que o prefeito não concordou que Cajazeiras tivesse um deputado federal, pois apoiou Armando Abílio para federal na cidade, contrariando e traindo seu projeto político. “Como vou votar nele se ele nunca me estendeu a mão? Vou continuar gostando de você Rafael, mas você perdeu companheiros porque quis perder e a gora vai perder a eleição”, diagnosticou Jeová .

Ele demonstrou insatisfação com o seu ex-grupo político, pois segundo o petista foi desconsiderado na administração de Léo Abreu. “O grupo da situação não existe mais. Epitácio Leite foi para o andar de cima, Léo ninguém sabe. Vituriano gosta demais de Cajazeiras que não vem nem aqui e falar de Vituriano é perder tempo”, disparou o ex-deputado

O petista ainda convidou o atual secretário de Articulação Política do município, o padre Francivaldo Albuquerque para voltar ao grupo de oposição.

COM REPORTAGEM DO DIÁRIO DO SERTÃO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *