Ex-aluno do campus do IFPB em Cajazeiras é aprovado em cinco seleções de mestrado


Aluísio José Pereira concluiu seu curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas no IFPB – Campus Cajazeiras em agosto de 2018. No início de 2019 ele comemora nada menos que cinco aprovações em provas de mestrado de diferentes instituições (UFPE, UFRPE, UFC, UFERSA, UFMA) . E, por enquanto, sua única preocupação é escolher onde irá cursar sua pós-graduação. “Ainda estou indeciso. Fatores como: a linha de pesquisa desejada; incentivo/apoio/bolsa proporcionada pelo programa; e avaliação conceitual dos mestrados estão me inquietando para a tomada de decisão”, disse.

A história de vida de Aluísio é motivante e, lisonjeado, ele comemora mais uma etapa vencida. “Ao longo de toda minha trajetória deparei-me com situações que poderiam facilmente me desmotivar: tive que trabalhar e estudar ao mesmo tempo; ou fazer mais de um curso concomitantemente, na perspectiva de que algum teria que dar certo. Venho de uma comunidade rural /sítio Olho D’água, município de São José de Piranhas – PB, onde vivi quase toda minha vida e até meados de 2008 não tinha acesso sequer a eletricidade básica”. Mas, maior que as dificuldades enfrentadas foi sua rede de apoio. “Muitos contribuíram para esse resultado, entre instituições de ensino, professores, colegas, amigos, familiares e minha eterna namorada. Sou grato a todos”, acrescentou Aluísio.

O futuro mestrando diz que a estrutura oferecida no curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas é um dos motivos para tantas aprovações. “O curso em si proporciona uma vertente de preparo do alunato tanto para o mercado de trabalho como para pesquisa. Foi no Campus Cajazeiras que acumulei conhecimentos para realização do Exame Nacional para Ingresso na Pós-Graduação em Computação (POSCOMP) o qual realiza a prova e utiliza a nota nos programas de mestrado, que adotam o exame como quesito de acesso e/ou complemento para acesso e pleitear as vagas ofertantes”, disse.

Para enfrentar as provas de mestrado ele também passou os últimos meses empenhado em publicar: no CBIS, no 7º Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa, em alguns caso apoiado e incentivado pelo IFPB, Cajazeiras; apresentações de trabalho em eventos/congressos/encontros (como a Semana de Ciência e Tecnologia realizada no próprio IFPB, Cajazeiras); realizando projetos de pesquisas juntamente e em parceria com alunos e professores da instituição  (a exemplo do professor Fabio Abrantes); cartas de recomendações fornecidas por professores (Fábio Abrantes, Francisco Paulo, Ricardo Job, entre outros)”.

COM INFORMAÇÕES DO IFPB

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *