Estiagem castiga comunidades rurais de Cajazeiras e Cagepa reduz liberação de água para carros-pipa


seca-3

A água para o consumo humano e animal está ficando cada vez mais difícil na zona rural de Cajazeiras, o que pode levar várias famílias a abandonar suas comunidades. De acordo com as informações, a grande maioria das comunidades enfrenta problemas de abastecimento, e corre risco de colapso nos próximos meses, com a elevação da temperatura. O Distrito de Divinópolis, por exemplo, está enfrentando sérios problemas de abastecimento.

Para o secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Arcanjo Neto, o problema tende a se agravar. Ele citou o exemplo de um poço da comunidade dos Baião, próxima do Distrito de Azevém, que não consegue mais suprir a necessidade dos moradores da área. Não há mais, segundo ele, como aprofundar esse equipamento, e é preciso se perfurar outro poço para solucionar o problema.

O secretário revelou que há 70 comunidades rurais de Cajazeiras já sendo abastecidas por carros-pipa, numa operação comandada pelo Exército. São 37 caminhões, segundo informou, que mantêm abastecidas 307 cisternas dessas localidades contempladas. Além dessa Operação, segundo ele, a Prefeitura Municipal também disponibiliza 02 caminhões-pipa, sendo 0l do PAC e o outro alugado.

Arcanjo Neto disse que a água fornecida pelos 37 caminhões do Exército vem do açude de Coremas. Já a água dos dois carros-pipa patrocinados pela Prefeitura é liberada pela Cagepa. O pior, segundo ele, é que a Cagepa está reduzindo o abastecimento dos carros-pipa. São apenas 03 dias por semana, atualmente, de liberação para esse abastecimento, o que reduz ainda mais a capacidade de atendimento às comunidades.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *