Empresário acusa prefeitura de Cajazeiras de calote milionário


O empresário Tico Miudezas, da empresa Perfil, disse nesta terça-feira (30) ser vítima do que classificou de “esculhambação” da Prefeitura Municipal de Cajazeiras, que segundo o produtor cultural lhe deve mais de R$ 1 milhão por shows promovidos na cidade e não pagos pela prefeitura.

“Eu estou quebrado. Tudo o que tinha foi embora, até meu crédito em Cajazeiras. Tudo porque caí em uma conversa bonita que não devia”, disse o empresário alegando falência pelo não recebimento do débito da prefeitura.

Tico afirmou que tem sofrido ameaças por mensagens telefônicas. “Eu posso morrer hoje, mas espero que a Justiça faça justiça”.

O empresário disse ainda que esta a disposição da Justiça, do Ministério Público e do Tribunal de Contas para apresentar as provas contra a prefeitura.

“Prefeito que tivesse vergonha na cara e que fosse responsável não fazia festa não”, disparou o empresário, afirmando que os débitos da prefeitura são desde a gestão do ex-prefeito Léo Abreu e chega a R$ 1.384.000,00 e que teria recebido apenas R$ 80 mil. Ele acusou o ‘Xamegão’ de superfaturamento. Entre as bandas que realizaram shows na cidade estão Aviões do Forró e Garota Safada.

Entre as festas promovidas pelo empresário estão o carnaval de 2010, o São João de 2010 e a emancipação política de 2011.

COM INFORMAÇÕES DO MAISPB

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *