Diretor de teatro, cajazeirense Roberto Cartaxo morre aos 62 anos, em João Pessoa


O diretor de teatro Roberto Cartaxo morreu na noite desta quarta-feira (2), em João Pessoa, aos 62 anos. Ele esteve a frente por muito anos do Teatro Santa Roza. Roberto estava internado em um hospital particular da cidade para tratar a diabetes e morreu depois de uma parada cardíaca.

Natural de Cajazeiras, Roberto Cartaxo interpretou João Dantas na peça “Anaíde”, na década de 90, dirigido por Fernando Teixeira. Mas foi na direção dos espetáculos que Roberto Cartaxo se descobriu como um profissional do teatro.

Dirigiu vários espetáculos como “Gota D’água”, de Chico Buarque e Paulo Pontes, “A Noite das Mal Dormidas”, de Niels Petersen, “Morte e Vida Severina”, de João Cabral de Melo Neto e “Diálogo de Nuestra América”, de Altimar Pimentel.

Em 2000, por ocasião das comemorações do Bicentenário do Padre Rolim, encenou a Paixão de Cristo, em Cajazeiras, com grande elenco e sucesso de público.

Cartaxo era professor de teatro no curso da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) e foi responsável por dirigir inúmeros espetáculos, sendo o último “Joanas do Brasil”, um musical fruto da adaptação livre da peça do dramaturgo Paulo Pontes e do compositor Chico Buarque, ‘Gota D’água’ que esteve em cartaz no fim de 2018.

O velório de Roberto Cartaxo acontece no Teatro Santa Roza. O enterro deve acontecer às 15h, no Cemitério do Cristo.

COM INFORMAÇÕES DO G1 E DO PARAÍBA JÁ

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *