Dez homicídios foram registrados em Cajazeiras em 2019

Município registrou uma redução significativa no número de homicídios

TATYANA
AM3 – 250×250

O município de Cajazeiras registrou uma redução significativa no número de homicídios em 2019. Em 2018, foram registrados 16 homicídios na Terra do Padre Rolim. Ano passado, esse número caiu para apenas dez.

No dia 26 de março, Rogério Pereira Ferreira, o Balu, 22 anos, foi assassinado com um tiro no peito, no Bairro São Francisco.

Em 12 de abril, Joane da Silva Nunes Pereira, 26 anos, foi assassinado a tiros no Bairro Pio X.

No dia 15 de maio, Sérgio Sousa Pereira, 21 anos, foi morto no Sítio Capoeiras Sul, com um tiro na cabeça, após uma tentativa de assalto.

No dia 30 de maio, Juliard dos Santos Gomes, 17 anos, também perdeu a vida, vítima de disparos de arma fogo, no Bairro Vila Nova.

Julian Lenon Ferreira Resende, 28 anos, foi executado com um tiro na cabeça e outro nas costas, no dia 9 de junho, no Bairro Por do Sol.

Em 16 de junho, Rogério Tomaz Soares, 32 anos, foi assassinado a tiros em frente à sua residência, no Conjunto Ronaldo Cunha Lima.

No dia 10 de setembro, Cícero Fábio Trajano, o Pernoca, 33 anos, foi executado à bala no Bairro Pio X.

No dia 30 de novembro, o marchante Manoel Messias Braga Gonçalves foi assassinado com um tiro de espingarda calibre 12 na cabeça, por pai e filho, após uma discussão no açougue municipal da Avenida Engenheiro Carlos Pires de Sá.

Wesley Simões de Melo, 19 anos, foi morto no dia 18 de dezembro durante uma tentativa de assalto a um mercadinho na Zona Norte.

No dia 25 de dezembro, Socorro Bezerra de Souza, 48 anos, foi morta pelo ex-companheiro de 71 anos, no Sítio Cachoeirinha, após retornar de uma festa.

COM INFORMAÇÕES DE: GAZETA DO ALTO PIRANHAS
ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.