Categorias
NORDESTE REGIONAL

Devido ao calor, trabalhadores passam mal em túnel da Transposição

trans-tunel

Uma das obras do Projeto de Transposição do Rio São Francisco, no trecho de Mauriti-CE a São José de Piranhas-PB, pode ser paralisada. O Cuncas I, maior túnel para o transporte de água da América Latina com 15,4 quilômetros depois de pronto pode ser paralisado a qualquer momento, faltando menos de 10% de conclusão da sua parte física.

O motivo da possível paralisação é a alta temperatura dentro do túnel, que chega a quase 40ºC, segundo afirmam os operários da obra. Devido ao aquecimento, alguns trabalhadores já chegaram, inclusive, a desmaiar durante o horário de trabalho e tiveram que receber atendimento pela equipe de saúde do consórcio Construcap/Toniollo e Busnello/Ferreira Guedes, responsável pela execução da obra, que fica em território paraibano e cearense.

Caso seja necessário, a obra será paralisada no lado paraibano para ser continuada do lado cearense, até que a perfuração seja concluída, no meio do túnel. Mesmo com uma janela aberta, na parte central da obra, ainda é necessário descer cerca de 2 quilômetros para chegar ao local da escavação.

Se não fosse esse problema, a obra seria concluída totalmente até o final de maio.

RADAR SERTANEJO
Avatar

Por Christiano Moura

Christiano Moura é paraibano de Cajazeiras, lá no extremo oeste do Estado. Jornalista, radialista e multimídia, foi colaborador de emissoras de rádio locais, editor de arte do Gazeta do Alto Piranhas e diretor da revista Oba!, quando foi um dos pioneiros da blogosfera local. É titular da Farol Comunicação Integrada que, desde 2002, presta serviços em comunicação a diversas empresas e órgãos públicos da promissora região sertaneja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *