Detentos fabricarão bolas de futebol no Presídio Regional de Cajazeiras

TATYANA
38
AM3 – 250×250

[dropcap style=’box’]O[/dropcap] Diretor do Presídio Regional de Cajazeiras José Antonio “Pingo D’água” de Almeida Neto, implantou na unidade prisional nessa terça-feira (09), o primeiro projeto de cidadania para os detentos da cidade. O projeto “Pintando a Liberdade” é uma parceria do Governo do Estado com a fábrica Carreiro, da cidade de Patos.

De acordo o diretor, o plano consiste na fabricação de bolas de futebol dentro do presídio, utilizando a mão-de-obra dos presidiários. Os presos que estiverem dispostos a trabalhar receberão R$ 2,69 por cada bola fabricada, além de redução da pena dos mesmos. Pingo D’água divulgou que já chegou material para fabricação de cerca de 100 produtos. Segundo ele, os presos serão treinados pelos profissionais da empresa Carreiro.

O projeto “Pintando a Liberdade” já está sendo desenvolvido em outras casas de detenção do Estado da Paraíba, e segundo informações, a parceria vem apresentando bons resultados.

COM INFORMAÇÕES DO DIÁRIO DO SERTÃO

 

ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.