Deputado pelo MA, cajazeirado visita amigos e familiares no Alto Piranhas


Nesta semana, esteve visitando o Sertão da Paraíba o deputado estadual do Maranhão Edivaldo Holanda (PTC), que veio especialmente para a região de Cajazeiras reencontrar familiares e amigos.

Edivaldo de Holanda Braga é pai do atual prefeito de São Luís, Edivaldo de Holanda Júnior. Durante todo o programa ele falou sobre sua trajetória pessoal e política.

Edivaldo nasceu na antiga Antenor Navarro, hoje São João do Rio do Peixe, mas ainda bebê veio morar em terras cajazeirenses, e mesmo tendo nascido em Antenor Navarro, disse que em Cajazeiras encontrou um torrão que lhe acolheu e lhe possibilitou visibilidade.

Ainda jovem, liderou movimentos estudantis que na época tinham a fama de serem revolucionários. Toda essa luta lhe possibilitou adentrar na política. Ainda na adolescência, viajou pelo Brasil porque tinha o sonho de se formar em Direito. Ao chegar em Fortaleza-CE, um familiar lhe ofereceu uma oportunidade de ser gerente de uma empresa de redes na capital maranhense. Com apenas 17 anos, Edivaldo não hesitou.

Chegando no Maranhão, ele teve que conciliar o trabalho com os estudos, mesmo seu tio/chefe não aceitando. Mas escondido, concluiu o curso de Direito e começou na política de forma tímida, até porque os Sarneys eram os grandes detentores do poder no Estado. Mesmo assim, em 1976 foi candidato a vereador em São Luís e ficou entre os mais votados. A partir de então começou a tomar gosto pela política e começou a alçar voos mais altos.

Edivaldo Holanda foi vereador, deputado estadual, deputado federal constituinte, e em 2014 foi um dos principais apoiadores da candidatura de Flávio Dino (PCdoB) ao Governo do Estado, que após o resultado das urnas conseguiu derrotar os candidatos apoiados pelo grupo dos Sarneys.

JOSÉ SARNEY

Ele disse que José Sarney montou um império grandioso no Maranhão, englobando Poder Judiciário, classe política e meios de comunicação. Mas o povo não aguentava mais o estilo ‘arcaico de governar’ daquele grupo político.

FUTURO

Edivaldo Holanda Júnior, filho de ‘Holandão’, é prefeito de São Luís e dentro do grupo situacionista do Estado do Maranhão é um dos nomes mais cotados para suceder Flávio Dino para o Governo do Estado em uma possível candidatura em 2022.

BRASIL

Ele disse que a Operação Lava-Jato expôs os grandes problemas da corrupção no Brasil, e destacou que a corrupção é um problema histórico brasileiro, que mesmo as eleições estando às portas, não existe um nome íntegro para assumir o destino do País.

Afirmou também que são poucos os políticos presidenciáveis que não são citados na Lava-Jato. Para ele, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE), embora sejam ‘limpos’, não teriam o apoio do Congresso. “Se um presidente for eleito e não tiver base no Congresso, ele sofre impeachment, mesmo não tendo crime de responsabilidade, eles [deputados] inventam.”

DIÁRIO DO SERTÃO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *