Deputado José Aldemir chama prefeito de São José de Piranhas de “trombadinha”


As farpas da política paraibana voltaram a ganhar notoriedade nesta quinta-feira (22). Em pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba, o deputado José Aldemir (DEM) partiu para o ataque e literalmente insultou o prefeito do município de São José de Piranhas, Domingos Neto, classificando-o de trombadinha. O gestor insultado é integrante da família do ex-governador José Lacerda Neto (PSD) e protagoniza já há alguns anos uma briga política com as bases políticas do parlamentar no município.

Ao ser questionado pela reportagem do PB Agora, após o pronunciamento, Zé Aldemir manteve o insulto contra o gestor sertanejo. “Eu nunca disse uma coisa para dar ré depois. Quando eu digo uma coisa eu digo com convicção e o chamo de trombadinha sim porque ele não tem a menor responsabilidade com o interesse público ou com o patrimônio da sociedade”, disparou.

Segundo o deputado, a família do atual prefeito vem se perpetuando em uma oligarquia no município e sequer tem outra formação profissional a não ser a administração pública. “Eles usam a prefeitura como instrumentos para se locupletarem. Isso foi uma prática iniciada pelo pai do prefeito, e digo isso com responsabilidade porque eles conseguiram enganar a vida inteira o povo de São José de Piranhas”, desabafou.

O parlamentar explicou que fez as acusações da tribuna da Casa porque não tinha outra forma de fazer publicamente a advertência. “Eu tinha que alertar o povo de São José de Piranhas, que é um povo educado, receptivo, ordeiro, disciplinado, diferente do prefeito”, alfinetou.

Aldemir finaliza, ressaltando que caso a família de Domingos Neto perca o poder do mandato, eles não vão ter dinheiro para sobreviver, pois ninguém tem uma profissão.

Em tempo

No dicionário Aurélio, a palavra trombadinha deve-se à forma como estes meliantes agem, “trombando” com suas vítimas e aproveitando-se deste contato para furtar objetos, como carteiras, relógios e outros. Significa pequenos ( e as vezes nem tanto ) ladrãozinhos-mirins que atacam geralmente nos grandes centros urbanos.

Com reportagem de Henrique Lima e Márcia Dias no PB Agora

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *