Deputado Jeová Campos parabeniza candidato Luiz Júnior e diz que ele é o melhor nome para ocupar reitoria da UFPB


201102221034110000002765

O segundo turno para a escolha do novo reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que acontece no próximo dia 27, promete ser bem disputado. A atual reitora Margareth Diniz obteve 47,98% dos votos, seguida por Luiz Junior, que alcançou 29,18%. A oposição conseguiu levar a eleição para o segundo turno, porque a atual reitora não conseguiu atingir o número suficiente de votos para vencer a disputa no primeiro turno. Os outros dois candidatos, Zé Neto e Valdiney Gouveia obtiveram, respectivamente, 14,22% e 8,63% dos votos válidos e serão peças importantes para vitória no próximo pleito.

Para o deputado, professor e advogado Jeová Campos, o professor doutor Luiz Júnior é, sem dúvida,  o mais qualificado da disputa.

“Vou torcer e ajudar Luiz Júnior porque ele é quem tem as melhores propostas, é da universidade, foi do movimento estudantil,  tem uma ampla compreensão da importância da UFPB na sociedade e, sobretudo,  tem uma grande visão humanista, que o diferencia de forma muito positiva”, destacou Jeová.

O desafio agora, segundo Jeová, é unir a oposição em torno do nome de Luiz e vencer os desafios uma disputa desigual. “A atual reitora conta com todo o aparato de quem já está com o poder e Luiz tem a desvantagem da estrutura operacional, mas, em compensação tem a melhor proposta de gestão e acredito que a comunidade acadêmica vai saber discernir entre as duas propostas e optar pelo melhor modelo de gestão que, sem dúvida, é o apresentado pela candidatura de Luiz Júnior”, finaliza Jeová.

NEWS COMUNICAÇÃO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *