[CLEMILDO BRUNET] Essas mulheres…


Já se aflora a ideia de que as mulheres não tenham somente o dia (8), e sim todo o mês de março para serem homenageadas. Eu, no entanto, considero que elas deveriam receber essas homenagens todos os dias, em razão de não imaginar o mundo sem elas. Aí seria o Caos!

A mulher é atraente, comunicativa, sensível, bonita, charmosa, elegante, meiga, sensual, afável, forte, dedicada, versátil, inteligente e compreensiva. É o centro de atenções em reuniões sociais, momentos festivos e outras ocasiões.

Houve um tempo em que a mulher desempenhava o papel de ser submissa e inferior ao homem. Autores literários como Alencar e Amado, deram valiosas contribuições com a literatura do romantismo e modernismo a fim que fosse banido do meio da sociedade o pensamento de que a mulher só servia para prendas domésticas.

Nos dias atuais a mulher tem ocupado espaço na política, no judiciário, no comercio, em administração de empresas públicas e privadas ou qualquer outra atividade, que antes, só o homem achava-se no direito de executar.

Sonhando e lutando as mulheres têm o seu valor. Não estão mais ao sabor ou capricho de quem quer que seja. Nos vários segmentos da sociedade deixaram de ser coadjuvantes e se tornaram profissionais de fato. Esses fatores advêm de suas conquistas com posicionamentos estratégicos, que variam de acordo com o grau de escolaridade e classe social.

Superando os preconceitos de uma sociedade pluralista, elas têm hoje maior participação em setores políticos, sociais e econômicos. O potencial delas é delineado pelo modo de decidir e escolher livremente com quem e como compartilhar suas relações conjugais e amizades.

 

Essas mulheres (Esas Mujeres) “Gravação1998”

Leandro & Leonardo

 

Essas mulheres

Nos tiram e nos dão a vida

Nos curam e nos abrem feridas

Difícil existir, sem essas mulheres

Essas mulheres

Um dia nos prometem o céu

No outro já nos mandam pro inferno

Difícil é viver, sem essas mulheres

Sem essas mulheres, não

 

Um dia nos destroem a alma

E com um beijo nos devolvem a calma

Não posso evitar, eu vivo implorando

Seus carinhos todo dia

Um dia nos destroem a alma

E com um beijo nos devolvem a calma

Eu não sei como fazer

Dou tudo só prá ter

Você acordando nos meus braços

 

Ah, essas mulheres

Essas mulheres

No meu poema o melhor verso

Na minha boca um doce beijo

Difícil esquecer Ah! Essas mulheres

Essas mulheres

No meu jardim a mais linda rosa

Eternamente a flor mais cheirosa

Peço a Deus prá não viver

Sem essas mulheres

Sem essas mulheres! , não

ART_CLEMILDO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *