Categorias
REFRESCO

Passim e o promotor na lanchonete

Passim Moreira – na última lembrança que guardo dele – era proprietário da lanchonete da rodoviária de Cajazeiras. Na rodoviária antiga e, me parece, depois, na rodoviária nova, também. Nossas famílias foram vizinhas nos tempos da Rua Souza Assis, na ladeira da chegada ao Tênis Clube. Cresci vendo nossas amizades ao longo do tempo. Com Soel […]

Categorias
REFRESCO

Bosco Barreto, o anão e a galega

Estupraram a filha do dono do circo que estava armado em Cajazeiras e botaram a culpa num anão que lá morava. Anãozinho de nada, não batia na bolacha do joelho da moça, uma galega de um metro e oitenta. Levado para a Delegacia, o anão apanhou para confessar o crime. E só não morreu porque […]

Categorias
REFRESCO

O dia em que o carro empatou com o avião em Cajazeiras

Aqui, em Cajazeiras, já teve um homem rico e poderoso, da família Lavor. O nome dele era Quintino Lavor e era quem prendia e mandava soltar na cidade. Naquele tempo que carro valia muito, ele já desfilava com carro Simca e outros ‘bichão’ desse tipo… Naquele tempo, o pracista de táxi, o Zé Pereira, costumava […]

Categorias
REFRESCO

Acabou a feira!

Dodô Mangueira, um dos maiores contadores de estórias cajazeirenses, chegou com a bateria carregada! Estava naqueles dias em que os que apreciavam a sua boa prosa não tinham nem tempo de descansar a ‘queixada’: era uma risada atrás da outra! Eu também na ‘móia’! Num determinado momento alguém falou a palavra ciúme. Pronto. Dodô logo […]

Categorias
REFRESCO

As kombis pioneiras do transporte coletivo

Diga o que quiser dos meninos de Seu Doca, menos que eles não sejam corajosos!  Ali, da Rua Dr. Coelho, em Cajazeiras, sempre apontaram para o resto do mundo e seguiram em frente. Demar de Doca, por exemplo, já foi retratado, no Sete Candeeiros Cajá, até como vendedor de santo, na feira, e se ‘engasgou’ […]