Carne abatida em Cajazeiras não oferece boas condições de higiene


Um estudo realizado em 66 abatedouros de 65 municípios da Paraíba concluiu que a carne abatida no interior do Estado não oferece condições de higiene e consumo para a população. O trabalho foi concluído pela professora de medicina veterinária, Thais Feitosa, do Campus do IFPB em Sousa.

Segundo o relatório publicado recentemente pela Revista Brasileira de Ciências Veterinárias, apenas em um abatedouro de Campina Grande e outro de Patos foram detectadas condições favoráveis. As deficiências vão desde a falta de câmara fria até a inspeção ante mortem dos animais. “Então aqui na nossa região, no Alto Sertão da Paraíba, nós não temos nenhum abatedouro que diga: este está em perfeitas condições”, explicou.

Ainda de acordo com a estudiosa, existe a possibilidade do levantamento ser encaminhado ao Ministério Público e outros órgãos de fiscalização e controle. “Nos próximos dias estaremos encaminhando as autoridades para que sejam tomadas as devidas providências”, arrematou.

Para a realização do trabalho, a equipe do IFPB percorreu, entre outros, abatedouros do Sertão e Alto Sertão nos municípios de Sousa, Cajazeiras, Uiraúna, Bonito de Santa Fé, Itaporanga, Conceição, Boa Ventura, Catolé do Rocha, São Bento, Brejo do Cruz, Paulista, São Bentinho, Coremas, Olho D’água, Igaracy, Princesa Isabel, Teixeira, Água Branca, Patos, Santa Terezinha, Cacimba de Areia, Santa Luzia, São Mamede e São José do Sabugi.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *