Campanha arrecada doações de tênis para atletas carentes


tenis-atletas_650x344

Quem gosta de participar de corridas de rua sabe: o principal companheiro nessa atividade é o tênis. Hoje, estão cada vez mais modernos, muitos deles coloridos e cheios de estilo, mas, infelizmente, nem todos dispõem de condições para adquirir um. E é justamente pensando nisso que o Brazil Run Series/Circuito de Corridas CAIXA, etapa Fortaleza, promove uma campanha de doação de tênis para atletas carentes do Ceará.

Com o slogan “Todo mundo tem o direito de correr, ajude alguém a ir mais longe”, a campanha visa arrecadar as doações durante a corrida, que acontece no próximo domingo (3), tendo como objetivo o incentivo à prática do atletismo entre corredores de baixa renda. Os calçados usados e em bom estado poderão ser entregues à Federação Cearense de Atletismo, que os distribuirá a atletas atendidos pelas entidades filiadas no Estado. Portanto, se você tem sua coleção de tênis de corrida, participe.

Para doar, basta levar seu tênis no dia da corrida até a tenda de retirada de chip, na arena da prova, que tem como ponto de largada o Marina Park Hotel. A campanha já ajudou a arrecadar tênis para entidades de Salvador, Uberlândia, Campo Grande, Belo Horizonte e Goiânia, cidades que receberam o Brazil Run Series/Circuito de Corridas CAIXA no primeiro semestre deste ano.

“Vemos muitos atletas correndo descalços, sem a menor estrutura, meninos e meninas em área de risco. Um par de tênis, para eles, é um grande estímulo”, ressalta o presidente da FCAT, Jerry Welton Barbosa Gadelha, que tem 22 entidades filiadas, com trabalhos sociais voltados para o atletismo.

Uma das entidades filiadas é a Força Falcão de Atletismo, que conquistou destaque na atividade no Nordeste. A equipe é oriunda do projeto iniciado em 1996 pela família Falcão. “Eu era treinador de futsal, tido como um descobridor de talentos. Mas meus filhos se voltaram para as corridas e se tornaram atletas de ponta do Ceará. Eu já tinha uma equipe de futsal em Sapiranga, no mesmo bairro onde eles treinavam, quando o técnico deles contraiu um câncer no baço. Antes de morrer, o técnico me pediu para continuar o treinamento dos meninos. Foi assim que começou”, conta Osvaldo, o pai.

Realizado desde 2004, o Circuito CAIXA conta com a chancela da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), e passa por quatro das cinco regiões brasileiras. Depois da etapa de Fortaleza, a competição passará por Recife (10/08), Porto Alegre (31/08), Ribeirão Preto (11/10), Curitiba (19/10), Brasília (23/11) e São Paulo (30/11).

DIÁRIO DO NORDESTE

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *