Câmara de Cajazeiras quer que a ALPB revogue a lei que cedeu parte do território do município


 

marcos do riacho do meio

O vereador cajazeirense Marcos do Riacho do Meio (PT) está articulando um movimento na Câmara Municipal de Cajazeiras para tentar reverter na Assembléia Legislativa à lei que determinou a alteração dos limites entre o município de Cajazeiras e de Cachoeira dos Índios, com a cessão de parte do território cajazeirense, englobando as comunidades de Baixa Grande, Lages e Garguelo, inicialmente com a aquiescência do então prefeito Carlos Antonio e, posteriormente, referendado pelo então prefeito Léo Abreu.

A população de Cajazeiras, de acordo com a estimativa divulgada pelo IBGE, com data de referência em 1º de julho de 2014, é de 61.030 habitantes e, a parte cedida por Cajazeiras para Cachoeira dos Índios fez falta, já que o município poderia ter saído do coeficiente de FPM de 2.2 para 2.4, que exige uma população de 61.129, faltando apenas 99 habitantes.

As estimativas populacionais são fundamentais para o cálculo de indicadores econômicos e sociodemográficos nos períodos intercensitários e são, também, um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União na distribuição do Fundo de Participação de Estados e Municípios.

Neste contexto, na região de Cajazeiras, o prefeito de Cachoeira dos Índios era o que mais lutava para tentar mudar o coeficiente do FPM de 0,6 para 0,8, mas não conseguiu, pois faltaram 155 habitantes para que atingisse a população necessária de 10.189, já que o município só obteve 10.034, mesmo com Cajazeiras tendo cedido parte de seu território e seus habitantes para o vizinho município, em processo autorizado pela Assembléia Legislativa, autorização esta que a Câmara Municipal de Cajazeiras quer que seja revogada.

BLOG DO ADJAMILTON PEREIRA

 

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *