Câmara de Cajazeiras autoriza Zé Aldemir a contratar professores para direção de escolas

TATYANA
0
AM3 – 250×250

[dropcap style=’box’]N[/dropcap]a última sessão ordinária do período legislativo na Câmara Municipal de Cajazeiras, realizada na noite da terça-feira (18), parte da bancada de oposição se absteve de votar o Projeto de Lei enviado pelo Executivo e acabou abandonando o plenário.

O projeto que autoriza o executivo nomear diretores e vice-diretores de escolas municipais, mesmo sendo os indicados contratados e comissionados, foi aprovado por 8 votos. Abstiveram-se seis vereadores: Roselânio Lopes (PTB), Rivelino Martins (PSB), Kleber Lima (PTB), Jucinério Félix (PPS), Léa Silva (DEM) e Moacir Meneses (DEM).

Votaram a favor da modificação na lei, os vereadores Marcos Barros (PSB), Alison Voz e Violão (PSB), Eriberto Maciel (PP), Neguinho do Mondrian (PSD), Neto da Vila Nova (PSL), João da Coca (PTC), Lindberg Lira (PTB) e Eudomar Filho (PTC).

O presidente do Legislativo, Delzinho da Serra da Arara (PTC), disse que não viu motivo para que a Câmara não aprovasse o projeto de lei. “Atendemos um pedido justo do executivo, apesar do questionamento de parte da categoria,” frisou.

COM INFORMAÇÕES DO RESENHA POLITIKA

ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.