Câmara de Cajazeiras autoriza Zé Aldemir a contratar professores para direção de escolas


Na última sessão ordinária do período legislativo na Câmara Municipal de Cajazeiras, realizada na noite da terça-feira (18), parte da bancada de oposição se absteve de votar o Projeto de Lei enviado pelo Executivo e acabou abandonando o plenário.

O projeto que autoriza o executivo nomear diretores e vice-diretores de escolas municipais, mesmo sendo os indicados contratados e comissionados, foi aprovado por 8 votos. Abstiveram-se seis vereadores: Roselânio Lopes (PTB), Rivelino Martins (PSB), Kleber Lima (PTB), Jucinério Félix (PPS), Léa Silva (DEM) e Moacir Meneses (DEM).

Votaram a favor da modificação na lei, os vereadores Marcos Barros (PSB), Alison Voz e Violão (PSB), Eriberto Maciel (PP), Neguinho do Mondrian (PSD), Neto da Vila Nova (PSL), João da Coca (PTC), Lindberg Lira (PTB) e Eudomar Filho (PTC).

O presidente do Legislativo, Delzinho da Serra da Arara (PTC), disse que não viu motivo para que a Câmara não aprovasse o projeto de lei. “Atendemos um pedido justo do executivo, apesar do questionamento de parte da categoria,” frisou.

COM INFORMAÇÕES DO RESENHA POLITIKA

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *