Cajazeiras pode perder construção de hospital universitário com 200 leitos


A superintendente do Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB), Mônica Paulino, disse que a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) informou que os projetos de arquitetura e engenharia do futuro hospital universitário de Cajazeiras já estão contratados, porém, as medidas de contingenciamento de despesas do Governo Federal, em função congelamento dos investimentos na Saúde por 20 anos, conforme aprovado pelos deputados e senadores, poderá travar os recursos que estavam previstos para a sua construção.

Mônica aproveitou para apelar à classe política local para pressionar a bancada federal no Congresso Nacional em torno da liberação dos recursos para a construção do novo hospital. O senador Raimundo Lira, o suplente de senador Deca do Atacadão, entre outras lideranças já estão sendo contatadas para evitar que Cajazeiras fique sem esse investimento do Programa Mais Médicos e que iria beneficiar municípios do interior onde existem cursos de Medicina, como é o caso de Cajazeiras.

O futuro hospital seria um grande salto em termos de saúde e no atendimento da população regional, além de consolidar ainda mais os cursos da área de saúde e implementação de diversas especialidades médicas e cirúrgicas.

HU – A nova unidade hospitalar teria capacidade para 200 leitos, voltados para o atendimento em média e alta complexidade. O projeto está orçado em R$ 168 milhões e foi anunciado no governo de Dilma Rousseff.

COM INFORMAÇÕES DO GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *