BNB financia mais de R$ 1 bilhão para shoppings no Nordeste

TATYANA
0
AM3 – 250×250

BNB-SHOPPINGS_800x569

Nos últimos três anos, o Banco do Nordeste Brasileiro (BNB) destinou mais de R$ 1 bilhão para implantação e ampliação de 18 shopping centers no Nordeste, sendo dois localizados no Ceará. Os recursos são oriundos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), que, de janeiro a agosto deste ano, já repassou cerca de R$ 7,54 bilhões para diferentes projetos na Região.

A informação foi divulgada ontem pelo presidente da instituição, Nelson Antônio de Souza, durante assinatura de contrato de financiamento para instalação do shopping RioMar Presidente Kennedy. O evento ocorreu na sede do BNB e contou com a presença do presidente do Grupo JCPM, João Carlos Paes Mendonça. Dos R$ 480 milhões necessários para o investimento, R$ 269,1 milhões serão financiados pelo banco.

“Isso traz emprego e renda, e após o lançamento serão cerca de 3.900 novos postos de trabalho”, disse Antônio de Souza, destacando que este é o sexto empreendimento comercial financiado pela instituição. Os outros cinco centros de compras do Grupo financiados com recursos do FNE ficam em Salvador, Recife e Sergipe. “Além disso, neste ano, estamos em tramitação com mais setes cartas de consulta”, acrescenta. Outro empreendimento no Ceará que utilizou recursos do FNE para sua ampliação foi o Shopping Iguatemi.

Projeto

Previsto para o fim de 2016, o RioMar Presidente Kennedy será construído em um terreno de 82.460 m² e terá uma área total construída de 143.400 m², com 260 lojas e 3.180 vagas de estacionamento. A Área Bruta Locável (ABL) totaliza 54 mil m².

“Temos certeza que iremos ajudar a desenvolver aquela área e a parceria com BNB é muito importante. Já temos a participação do banco em outros empreendimentos, mas esse é o mais importante”, ressaltou o presidente do Grupo JCPM.

O centro de compras será erguido entre as avenidas Sargento Hermínio e Dr. Theberge e já teve o alvará de construção liberado pela Prefeitura. O início das obras, segundo Paes Mendonça, deve começar na segunda quinzena de novembro. “Vamos primeiro inaugurar o RioMar Fortaleza (previsto para 29 de outubro) para depois pensarmos no Presidente Kennedy”, destaca.

Banco comercial

Durante a solenidade, o presidente do BNB aproveitou para destacar que, a partir de agora, a instituição, que tem como principal foco financiamentos para o desenvolvimento da região Nordeste, quer ganhar maior espaço também como banco comercial.

De acordo com Nelson Souza, o crédito comercial atua de forma complementar ao crédito de longo prazo, nas operações estruturantes do desenvolvimento. “Nos últimos dois anos, fizemos o dever de casa. Modernizamos nosso parque tecnológico, contratamos mais empregados, ampliamos nossa capilaridade e aumentamos nosso portfólio. Com isso, estamos desenvolvendo novas condições para que o Banco do Nordeste aumente consideravelmente seu lucro líquido, sem deixar de cumprir suas responsabilidades de banco de desenvolvimento. Em 2015, temos tudo para incomodar a concorrência no crédito comercial”, afirmou.

DIÁRIO DO NORDESTE
ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.