TATYANA

Atlético de Cajazeiras se impõe fora de casa e goleia o CSP no Almeidão

Foi o segundo triunfo em dois confrontos dos sertanejos no Paraibano 2020.

3
AM3 – 250×250

CSP e Atlético de Cajazeiras abriram a segunda rodada do Campeonato Paraibano de 2020, no estádio Almeidão, em João Pessoa. Apesar de jogar melhor o tempo todo, e com um a mais durante toda segunda etapa, o Trovão Azul construiu a vitória por 4 a 1 com dois gols depois dos 45 minutos do segundo tempo.

O primeiro não demorou a sair. Logo aos 6 minutos, Marcinho cobrou escanteio da esquerda e Éder Paulista, livre no meio da área, tocou de cabeça no canto esquerdo de Wallace para sair na frente do marcador.

Não demorou muito para quase sair o segundo. Aos 9, Davi lançou da esquerda para Paulinho, que ganhou do marcador, invadiu a área e bateu cruzado de pé direito, mas Wallace fez grande defesa, mandando para escanteio. Na cobrança, Davi mandou na área e Wesley bateu de peito na pelota, que passou raspando o travessão.

O Trovão pressionava bastante, mas foi castigado por não conseguir fazer mais um. Aos 20, Wallace mandou lançamento para Bahia, Ariel saiu todo atrapalhado, perdeu a bola, e o camisa 9 passou para Matheus que, da marca do pênalti, sem goleiro, bateu de pé direito e estufou a rede para deixar tudo igual.

A velocidade da partida era impressionante, e aos 23, o Atlético de Cajazeiras teve duas chances. Na primeira, Éder Paulista chutou da entrada da área para Wallace espalmar e a bola ainda bater na trave, e na sequência, na cobrança de escanteio, Wesley escorou para as redes, mas o árbitro marcou falta de ataque e anulou o tento.

O Trovão teve uma chance cristalina aos 36 minutos, quando Marcinho chutou do meio da rua, Wallace rebateu e Filipinho, livre na cara do arqueiro tricolor, chutou, mas muito fraco, recuando a bola para a defesa do arqueiro do time pessoense.

Antes do fim do primeiro tempo, o Tigre Praiano ficou com um jogador a menos. Ronald cometeu falta boba em Wesley, no campo de ataque, recebeu o segundo amarelo e foi para o chuveiro mais cedo.

SEGUNDO TEMPO

Mesmo com apenas 10 homens em campo, o CSP se postava bem em campo e não dava espaços para o Atlético de Cajazeira, parecia estar mais bem postado com menos jogadores do que com o time completo, como esteve no primeiro tempo.

E a primeira boa oportunidade da segunda etapa foi do Tigre, aos 9 minutos. Arthur recebeu em velocidade, ganhou da defesa atleticana, invadiu a área e bateu cruzado, de direita, mas não havia ninguém na área para completar.

A resposta do Trovão veio aos 12, quando Marcinho bateu falta da esquerda, Conrado desviou de cabeça e Wallace fez a defesa.

E aos 14, finalmente saiu o segundo gol do time sertanejo. Em cobrança de escanteio pela esquerda, Paulinho subiu livre para desviar com a testa e não deu chances de defesa para o arqueiro do Tigre Praiano, recolocando o Atlético de Cajazeiras na frente do marcador mais uma vez.

O jogo perdeu velocidade e ficou mais físico, com poucas chances de gol. O time sertanejo sempre com mais bola, administrava a vantagem e seguia desperdiçando as raras oportunidades que tinha para finalizar, e o Tigre buscava sair em velocidade, com um a menos em campo, mas tinha dificuldade na articulação.

Apenas aos 41, nova possibilidade de gol. Marcinho recebeu na entrada da área e chutou de pé direito, colocado, no canto esquerdo do arqueiro tricolor, que conseguiu se esticar todo e espalmar para a linha de fundo.

Mas ainda deu tempo sair o terceiro gol atleticano. Costela recebeu na direita, invadiu a área chutou cruzado de pé direito. A bola ainda beijou o poste direito de Wallace e morreu no fundo da rede.

Se deu tempo um, deu tempo para dois. Davi fez boa jogada pela esquerda, invadiu a área e tocou para o meio da área, onde Conrado só escorou de pé direito, no canto esquerdo de Wallace, e assim fechou o marcador em 4 a 1.

O Atlético de Cajazeiras assume a liderança isolada do Grupo A, ao menos provisoriamente, com 6 pontos. No próximo fim de semana, o Trovão Azul visita o São Paulo Crystal, na terceira rodada da primeira fase. Ainda sem pontuar, o CSP segue na terceira posição do Grupo B, e na próxima rodada recebe a Perilima, novamente no Almeidão.

FICHA TÉCNICA

CSP 1 x 4 Atlético de Cajazeiras

Campeonato Paraibano de 2020
2ª rodada
Estádio Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Tiago Ramos de Oliveira; Paulo Ricardo Alves e Adailton Anacleto Gomes.

Gols: Matheus (CSP); Éder Paulista, Paulinho, Costela, Conrado (A)
Cartões amarelos: Ronald, Vitor, Wallace (CSP); Davi, Costela, Caíque (A)
Cartão vermelho: Ronald (CSP)

CSP: Wallace, Tharllys, Denis, Zulu, Arthur (Di); Gustavo, Mandaca, Ronald, Vitor (Negueba); Bahia (Wescley) e Matheus. Técnico: Josivaldo Alves.

Atlético de Cajazeiras: Ariel, Filipinho, Wesley, Egon, Davi; Cássio (Costela), Mendes, Marcinho; Renan (Conrado), Paulinho (Caíque) e Éder Paulista. Técnico: Ederson Araújo.

FONTE: VOZ DA TORCIDA
ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.