Assembleia Legislativa da Paraíba aprova Medalha Lena Guimarães


Foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa da Paraíba projeto de resolução de autoria do deputado Raniery Paulino (MDB) denominando a Medalha de Mérito Jornalístico, concedida pela Casa a profissionais de imprensa que se destacam em suas funções, como “Medalha Lena Guimarães”.

A aprovação ocorreu mais de uma semana após a morte da ex-editora e colunista política do jornal “Correio da Paraíba”. Lena Guimarães morreu no último dia 18 aos 62 anos, em um hospital particular em João Pessoa, vítima de falência múltipla de órgãos, em decorrência de um câncer no pâncreas.

Além de autor do projeto de resolução denominando a Medalha de Jornalista Lena Guimarães, Raniery Paulino lembrou que apresentou proposta para a concessão da Medalha do Mérito Jornalístico à própria Lena no último dia oito de maio, como reconhecendo ao trabalho que ela desenvolveu nos órgãos de comunicação da Paraíba. “A aprovação do projeto com a denominação da Medalha é uma reverência à importância da atuação de Lena para a consolidação do jornalismo paraibano, uma vez que sua morte deixou uma grande lacuna e nada mais justo do que prestarmos essa homenagem”, justificou.

Por outro lado, o senador e ex-governador José Maranhão, do MDB, em entrevista, esta semana, ao “Correio Debate”, na rádio 98 FM, manifestou condolências pela morte de Lena, ressaltando que ela foi “uma mulher guerreira e vitoriosa na comunicação paraibana”. A jornalista, natural de Cajazeiras, foi secretária de Comunicação num dos períodos em que Maranhão exerceu o governo do Estado (ele foi governador por três vezes).

COM INFORMAÇÕES DE OS GUEDES

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *