[dropcap style=’box’]A[/dropcap] negativa de apoio ao grupo dos ex-prefeitos Carlos Antonio (DEM) e Denise Albuquerque (PSB) para a disputa da Prefeitura de Cajazeiras em 2020 balançou a cidade nesse final de semana.

O fato teria ocorrido durante a festa dos Melhores do Ano, quando o médico Carlos Filho teria pedido o apoio do vereador Alysson Américo (PSB).

Após a negativa, o vereador disse que o grupo de oposição ao prefeito José Aldemir (PP) está rachado: “Existe hoje o grupo de Carlos Antonio e o grupo de Jeová Campos”.

O vereador socialista afirmou que está com Jeová Campos (PSB) e arrematou: “Nosso grupo tem candidato que é o vereador Marcos Barros. Estamos com Marcos”.

Carlos Filho não confirmou o pedido de apoio ao vereador, disse ser amigo pessoal dele e declarou ser pré-candidato a prefeito, mas será confirmado no pleito se o seu nome for consenso da maioria e representação do “sentimento do povo de Cajazeiras”.

O médico citou vários nomes do grupo, inclusive o de Marcos Barros e assegurou que o nome para disputar a prefeitura não terá imposição de Carlos Antonio, nem de Denise Albuquerque (PSB) e disparou: “Não vamos impor, mas também não aceitaremos imposição”.

[button style=’red’ url=’https://www.diariodosertao.com.br/noticias/politica/416247/vereador-revela-racha-na-oposicao-de-cajazeiras-e-carlinhos-fala-de-uniao-para-disputar-prefeitura.html?fbclid=IwAR0IJqZN3MJMVPNPTwdXburr0iOLFg-qsJOdkU8TbeulAba8GcioHTcADUM’ target=’_blank’ arrow=’true’]COM INFORMAÇÕES DO DIÁRIO DO SERTÃO[/button]

 

Publicado por REDAÇÃO

SUGESTÃO DE PAUTA: coisasdecajazeiras.pb@gmail.com - (83) 98822-0095

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *