Aos 17 anos, aluno do IFPB em Cajazeiras é aprovado em três vestibulares de Medicina


Igor Giordan Duarte Jorge concluiu o curso técnico em Informática do IFPB Campus Cajazeiras em novembro de 2018. Após quatro anos de dedicação aos estudos, o jovem de 17 anos comemora a realização de um sonho: sua aprovação no curso de Medicina numa universidade pública federal. Aprovado em outros dois vestibulares de medicina em faculdades particulares, Igor recebeu recentemente a convocação da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), no estado do Mato Grosso do Sul.

No dia 14 de julho ele foi até a cidade de Dourados fazer a matrícula e conhecer o Campus onde estudará. Acompanhado da mãe, Igor decidiu já ficar para as aulas que começam no dia 29 de julho, para conhecer a cidade e as pessoas e disse que está vivendo um sonho, “amei tudo o que tenho vivido até aqui e tenho certeza que vou gostar ainda mais quando o curso, de fato, começar”.

Ele diz que está vivendo um misto de emoções porque, apesar de já ter sido aprovado em duas faculdades particulares, seu “maior desejo era passar em uma federal, justamente por vir de um Instituto Federal no qual já conhecia os subsídios e a qualidade. Quando soube que havia passado, mesmo sendo longe, não tive dúvidas de que seria a melhor opção e só conseguia me sentir grato e satisfeito”, disse.

Igor relembra sua trajetória de estudos: “usei a nota do Enem 2018 e minha preparação foi basicamente meus estudos em casa, bem como a preparação que tive no IFPB Campus Cajazeiras, na qual se destacou a ajuda da professora Sayonara Abrantes, com seu curso de redação, e do professor Ramon Formiga, que resolvia questões do Enem para preparar os alunos”, destacou.

Com carinho, o futuro médico pesa a importância do Campus Cajazeiras nessa trajetória e diz que a instituição foi fundamental no seu processo de amadurecimento. “Estudei num ambiente que me tornou confiante para tomar a melhor decisão para escolher minha carreira profissional. Além dos conhecimentos adquiridos nas aulas, houve também uma ajuda humana, tendo em vista que os professores sempre me encorajaram e me apoiaram, me ajudando principalmente quando eu ainda tinha dúvidas sobre qual profissão seguir. A professora Ana Paula (da disciplina de História), por exemplo, foi uma ótima conselheira. Além de professora, foi amiga, me ajudando a me entender melhor e me encontrar”, acrescentou.

COM INFORMAÇÕES DO IFPB CAJAZEIRAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *