Categorias
REGIONAL

Andanças pelo Sertão de Cajazeiras #47

A COLUNA DE CHRISTIANO MOURA

Recapeamento – O governador Ricardo Coutinho entregou, nesta quinta-feira (21), a restauração da PB-417 no trecho ligando o entroncamento BR-230/Bom Jesus, com extensão de 6 km. Para restaurar a estrada, que foi construída há mais de 30 anos e estava em estado crítico, o Governo do Estado investiu R$ 1,2 milhão. Cerca de 2.500 habitantes foram beneficiados com a nova estrada. Os principais serviços executados na obra da PB-417 foram: reciclagem da camada de base com adição de 30% de brita, recapeamento asfáltico da pista de rolamento e dos acostamentos em TSD, recuperação e limpeza do sistema de drenagem, roçada manual, sinalização horizontal e vertical.

Ações – O governador Ricardo Coutinho esteve, nesta quinta-feira (21), em São José de Piranhas, para entregar sistemas de abastecimento de água para seis comunidades da região, além de entregar o acesso à comunidade Serra do Braga, feito em parceria com a prefeitura. Na ocasião, o chefe do Executivo Estadual ainda assinou a ordem de serviço autorizando a revitalização da Travessia Urbana do município. O prefeito de São José de Piranhas, Chico Mendes, agradeceu o trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado em prol dos cidadãos do município e destacou a importância das obras.

Greve – Os funcionários públicos da Assistência Social de São João do Rio do Peixe entraram em greve e lutam por respeito e valorização profissional. A reivindicação da categoria é pela implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração da Assistência Social (PCCR), semelhante à luta encampada pelos profissionais da saúde no ano passado.

Pressão – O Ministério Público da Paraíba instaurou inquérito civil para que a Prefeitura de Monte Horebe realize concurso público. O promotor de Justiça Fernando Antônio Ferreira de Andrade percebeu que há necessidade porque a prefeitura continua a contratar pessoas por excepcional interesse público. O município é o mesmo que reajustou ilegalmente os salários do prefeito, vice, secretários e vereadores e que o Tribunal de Contas teve que suspender.

Arraiá da Rosa – Em ritmo de alegria e festa a Escola Municipal Rosa Dias do Nascimento, em Poço Dantas, realizou o tradicional Arraiá da Rosa. Trajes caipiras, músicas juninas, comidas típicas e a tradicional quadrilha agitaram a noite. O evento foi uma ótima oportunidade de confraternização e interação entre os alunos, pais de alunos, gestão escolar, professores e servidores. Um dos papéis fundamentais da escola é a preservação da cultura popular.

Meta atingida – No período de janeiro a 15 de junho do corrente ano, a Vara Única da Comarca de Bonito de Santa Fé julgou 373 processos distribuídos até 31 de dezembro de 2014, o que corresponde a 80% do total do acervo inicial, que era de 466 ações. Com esse feito, a Unidade Judiciária cumpriu a Meta 2 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), antes mesmo do prazo previsto, que é dezembro de 2018. A Unidade conseguiu, também, no mesmo período, atingir as metas 4 e 6 do Conselho Nacional de Justiça, em 71% e 85%, respectivamente.

Sem salários – Os servidores municipais de Joca Claudino paralisaram suas atividades para cobrar o reajuste nacional do Magistério, a criação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração e principalmente o salário do mês de maio. O ato foi coordenado pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Joca Claudino.

Débito – O ex-prefeito de Triunfo, Damísio Mangueira, teve suas contas exercício 2013 reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado. Diante das irregularidades comprovadas pelos Conselheiros do Tribunal de Contas, chegou a ser imputado débito ao ex-prefeito Damísio Mangueira no montante de R$ 548.584,40.

Registro Espúrio – O Ministério do Trabalho determinou a suspensão temporária do Sindicato dos Funcionários Municipais de Bonito de Santa Fé. A determinação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU). A medida visa analisar possíveis irregularidades após deflagração da operação ‘Registro Espúrio’ para investigar a existência de um esquema de concessão fraudulenta de registros sindicais. A portaria ainda determina a reanálise das certidões sindicais num prazo de três meses que será feita por uma comissão composta por três servidores da Secretaria de Relações do Trabalho.

REDAÇÃO

Por REDAÇÃO

SUGESTÃO DE PAUTA: coisasdecajazeiras.pb@gmail.com - (83) 98822-0095

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *