Água volta a jorrar nas torneiras de três cidades da região de Cajazeiras


chupad_640x480

O fim do racionamento de água foi decretado em três cidades da região: São João do Rio do Peixe, Triunfo e Cachoeira dos Índios.

O sistema de abastecimento d’água dessas cidades entrou em colapso após os açudes secarem em decorrência dos quatro anos de invernos com chuvas abaixo da média.

Triunfo estava há um ano sem água nas torneiras e a população vinha sendo abastecida por meio de carros pipas e água de poço. Muitas pessoas estavam comprando água para abastecer suas caixas d’água.

O pequeno açude que abastece a cidade é o Gamela, com capacidade para armazenar apenas 472 mil metros cúbicos de água está hoje com 273 mil metros cúbicos, que corresponde a 57,8% de sua capacidade. Como a cidade cresceu e o açude não tem mais condições de abastecer por muito tempo, principalmente em caso de invernos irregulares.

Uma adutora está sendo implantada na Barragem de Capivara, com recursos conseguidos pelo governador Ricardo Coutinho, junto a FUNASA. A obra está parada, provavelmente por falta de liberação desses recursos.

O sistema de abastecimento d’água de São João do Rio do Peixe, o mais populoso da região foi o primeiro a entrar em colapso. A Cagepa, desde o momento em que o açude Chupadouro secou que vinha se revezando para garantir mesmo que de forma insuficiente o abastecimento d’água de parte da população, ora com água do Rio, no período inverno; ora com água de poço e agora, o abastecimento d’água é normalizado. Durante esse período, cujo abastecimento era deficiente, a CAGEPA não estava cobrando pelo consumo.

O açude do Chupadouro também tem capacidade para armazenar 2 milhões 764 mil metros cúbicos de água e está hoje com  551 mil metros cúbicos de água, 19,9% de sua capacidade. Em São João também está sendo implantada uma adutora no açude de Lagoa do Arroz, com recursos do Ministério da Integração Nacional, entretanto, as obras também, apesar de adiantadas também estão paradas.

Cachoeira dos Índios, cujo sistema de abastecimento d’água entrou em colapso por último, no caso, ano passado, foi muito beneficiado com as chuvas de março, chegando a quase 800 milímetros. Isso fez com que os açudes enchessem, resolvendo também a problemática da falta d’água na zona rural.

O açude Cachoeira da Vaca, por exemplo, com capacidade para armazenar 339 mil 156 metros cúbicos de água está sangrando. Segundo as informações, a CAGEPA também vai  voltar a tirar a leitura e cobrar pelo consumo.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *