Acusação grave do prefeito Carlos Rafael contra o juiz Djacy Soares é motivo de voto de repúdio na Assembleia Legislativa


O deputado estadual José Aldemir (DEM) apresentou nesta quarta-feira (8) nota de repúdio ao prefeito de Cajazeiras, Carlos Rafael (PTB), que fez insinuações graves em sua página no Facebook apontando que o juiz Djacir Soares, da 42ª Zona Eleitoral, negociou a liberação do registro da candidatura do seu adversário, Carlos Antônio, impugnado pela ‘Lei Ficha Limpa’. O trecho da fala do prefeito foi reproduzido pelo jornalista Heron Cid, em sua coluna no jornal Correio da Paraíba, o que serviu de mote para o pronunciamento revoltado do deputado na Assembleia.

Da tribuna da Assembleia, José Aldemir considerou uma “injustiça” a atitude do prefeito com o magistrado e, portanto, merece um voto de desagravo “em função das agressões verbais deferida por Carlos Rafael”.

“Dainte das contundentes acusações proferidas pelo senhor Carlos Rafael, se faz necessário que o juiz seja reparado dos efeitos morais que por ventura venha atingir sua dignidade e macular sua trajetória como juiz de direito”, disparou o democrata.

O parlamentar considerou ainda “inadmissível” que, pelo fato de ter os interesses contrariados, Carlos Rafael use de “impropérios e acusações infundadas para colocar em dúvida a idoneidade e transparência de Djacir Soares”.

“Isto também compromete todo o Judiciário. Pedimos a aprovação desse requerimento para os sentimentos pequenos não venha comprometer de pessoas e nem da credibilidade dos poderes constituídos”, argumentou José Aldemir.

COM REPORTAGEM DE ROBERTO TARGINO PARA O MAISPB

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *