A solução é importar

A COLUNA DE REUDESMAN LOPES FERREIRA

A Federação Paraibana de Futebol, diz está preocupada com a arbitragem para o Campeonato Paraibano da temporada 2019, mas, não apenas ela, todos aqueles que direta e indiretamente têm interesse nesta competição, também estão se manifestando na mesma opinião da mentora paraibana.

E tudo passa, claro, pela lisura que esperamos aconteça com relação aos jogos deste próximo campeonato paraibano.

Não se pode mais conviver com a corrupção que através de dirigentes e árbitros do futebol paraibano forjaram uma competição “arrumando” jogos para determinadas equipes se sagrarem campeã. Chega.

Acredito muito em Michelle e na CBF que está ajudando este início de sua administração como presidenta da FPF e as suas falas apontam para a direção do “limpo”.

Pois bem, como nove árbitros e auxiliares foram banidos do futebol por prática de manipulação de resultados devidamente investigada na Operação Cartola, a FPF precisará urgentemente de árbitros que possam trazer a segurança dos resultados das partidas que serão disputadas pelo campeonato paraibano da temporada que se avizinha.

Como interino no comando da arbitragem na Paraíba a mando da CBF, Arthur Alves já revela que a sua entidade anda muito preocupada com a situação que se desenha aqui no nosso estado. A sua fala é que, inevitavelmente a Federação Paraibana de Futebol terá que fazer uma importação de árbitros de outros estados para dirigir partidas do campeonato paraibano.

E fez, na segunda feira, 17, a FPF abriu edital para inscrição de árbitros de qualquer estado do país interessados em trabalhar no campeonato paraibano 2019.

Por sua vez, já existe um projeto para a formação de novos árbitros para o nosso futebol, isso passará evidentemente por cursos de longa duração. O que se sabe é que apesar de termos árbitros que atuaram na segunda divisão, existe um temor relacionado com a falta de experiências deste quando para apitar jogos da primeira divisão.

O importante é que a Federação Paraibana de Futebol através do seu comando da arbitragem já está trabalhando para que tenhamos bons árbitros, seja daqui, seja dacolá e, repito, tenhamos segurança que os resultados serão de acordo com o rendimento dos competidores dentro das quatro linhas e que, como em temporadas passadas, os chamados “grandes” não entrem em campo já sabendo que não vão perder o seu jogo e que o “árbitro não venha com resultado no bolso”. O mais é pedir aos céus muitas bênçãos para que o campeonato paraibano esteja livre da corrupção.

Reencontro

Amanhã, sábado 22, os antigos integrantes do Esporte Clube Poivas estarão fazendo a festa do reencontro que tem como objetivo reunir todos aqueles que fizeram parte do time que começou como Texaco, passou a ser Resto do Mundo e finalizou como Poivas. Fundado nos anos 70, esse time se constituiu em uma das forças do futebol amador desta cidade de Cajazeiras e foi campeão municipal. A programação consta de uma partida entre amigos dos Poivas e logo após será oferecido um churrasco a todos que comparecerem ao evento. A organização deste reencontro é de Humberto Cabrinha ele que foi um dos craques do time poiveiro.

E agora?

O Auto Esporte e a Desportiva Guarabira conseguira uma importante vitória na Justiça Desportiva. O procurador-geral interino do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol (TJDF-PB), Pablo Juan Nóbrega, concedeu um parecer favorável à parte do pedido de liminar ingressado pelos dois clubes. Segundo o procurador, em seu relatório, Auto Esporte e a Desportiva Guarabira deveriam ser incluídos no Campeonato Paraibano de 2019, tendo em vista que a Operação cartola deu à luz a vários casos graves e supostas manipulação de resultados no estadual deste ano. Bom lembrar que, Auto Esporte e Desportiva Guarabira foram os dois clubes rebaixados.

BOLA DENTRO

Para as chuvas que estão dando um novo visual com relação ao gramado do Estádio o Perpetão, tão abandonado que anda pelo Governo do Estado da Paraíba. Água da chuva é abençoada por Deus. NOTA 10!

BOLA FORA

Para que alguém de direito possa melhorar o acesso do torcedor ao Estádio o Perpetão. Prefeitura Municipal ou Governo do Estado ou os dois, poderiam olhar o sofrimento do torcedor para chegar ao Colosso das Capoeiras. Todo ano faço esse pedido que nunca foi atendido. NOTA 0!

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *