Política, Cotidiano, Esportes, Memória & afins

A Faisqueira do Gazeta

Coluna do jornal semanal Gazeta do Alto Piranhas

FOTO: CAVALCANTE JÚNIOR
AM3 – 250×250

SEM MEDO  A ex-prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque, abriu o verbo contra o prefeito Zé Aldemir, via rede social, e não poupou adjetivos: “perseguidor, machista, baixo e mau pagador”. Não se tem noticia que o prefeito a tenha respondido. Esta briga não acabará tão cedo, tá igual ao coronavirus.

 

SEM MEDO 2  A ex-prefeita Denise, além deste vocabulário não tão republicano, mandou ainda mais um recado: “vou continuar fiscalizando o seu governo”, este sim, é o verdadeiro papel que a oposição de Cajazeiras deverá fazer.

 

NADA SEM REZA   O deputado estadual Jeová Campos (PSB), indagado sobre a candidatura de seu irmão Marquinhos Campos, para a prefeito de Cajazeiras, foi curto na resposta: “enquanto tiver igreja fechada eu não falo sobre política”.

 

IGREJA ABERTA   Os pastores evangélicos de Cajazeiras estão em plena campanha para que suas igrejas sejam abertas em Cajazeiras. Sem o encontro diário ou semanal com seus rebanhos fica difícil receber o dízimo, que já estava sendo reduzido em função da crise que vivia o País, e agora com a Pandemia do covid 19, agora é que ficou encrencada a sobrevivência destas igrejas.

 

QUANTOS MORRERÃO?  Nestes tempos de pandemia vê-se a cada dia o aumento do número de pessoas que morrem e que é extremamente preocupante, mas o que poderá se observar nos próximos dias serão as mortes de milhares de empresas e milhões de brasileiros desempregados.

 

SALVAR VIDAS E EMPREGOS   Este é o grande dilema que vivem as autoridades brasileiras diante da Pandemia: salvar vidas, mas também os empregos e a vida econômica do Brasil, que já se encontra na UTI. É imprevisível o que poderá ocorrer no país nos próximos meses.

 

NEM SÁBADO, NEM DOMINGO   A prefeitura de Cajazeiras, através do gabinete do coronavirus, determinou que nesta sábado vai continuar sem a “feira livre”, uma tradição secular e no segundo domingo de maio, dia das mães, os cemitérios estarão fechados para o “encontro” espiritual entre os filhos e as mães que neles estão sepultadas. As orações e as lembranças deverão ser de casa. Amém!

 

DINHEIRO A FOLE   As prefeituras brasileiras vão receber brevemente uma bolada de recursos de fazer inveja. E para os cofres da prefeitura de Cajazeiras, que anda com o saldo em baixa, poderá engordar a sua conta em quase seis milhões de reais. É dinheiro a fole.

 

DEFINIDO   Em Santa Helena, terra da “Lenda” Elair Brasileiro, foi definida a chapa de oposição, que será composta de Corrinha Félix e Rogério Leite. As esperanças das oposições são promissoras e acreditam que a chance da vitória é muito grande e alvissareira.

 

CONTINUA FIRME   Por outro lado, Vera da Faculdade São Francisco, não vem cedendo um milímetro com a sua candidatura a prefeita de sua terra, Santa Helena. Portanto, Corrinha e Vera vão disputar a prefeitura contra o candidato do prefeito Emmanuel Messias. Vera, sendo mesmo candidata, dizem os olheiros, poderá tirar mais votos do candidato do prefeito do que do lado de Corrinha. Esta disputa promete.

 

LAVOISIER DANTAS   O ex-prefeito de São João do Rio do Peixe, Lavoisier Dantas, botou a boca no trombone e disse que vai ser o candidato a prefeito pelas oposições. Lavô que foi aliado e recebia beijos e abraços do prefeito de Cajazeiras, José Aldemir, largou a velha “amizade” e outras benesses e foi cantar em outro terreiro e parece que Zé Aldemir ficou apenas com o gosto na boca, em ter Lavô como seu aliado, em São João. Eita lasqueira!

TATYANA
FONTE: GAZETA DO ALTO PIRANHAS
ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.