Categorias
CAJAZEIRAS

A Faisqueira do Gazeta

CLIQUE E LEIA

BLOQUEADO?  Com a possível chegada do deputado Júnior Araújo à Casa Civil do governo, aquele pedido de audiência do prefeito de Cajazeiras, médico José Aldemir, dificilmente as portas do Palácio da Redenção se abrirão para a cidade de Cajazeiras e só resta agora ao prefeito fazer uma Carta Aberta ao governador João Azevedo, com a agenda que seria despachada. Saravá meu pai!

 

MENTIRA  A noticia que circulou que o prefeito licenciado de Uiraúna, médico Bosco Fernandes, que está preso em João Pessoa, em Mangabeira Média, em função da Operação Pés de Barro, em ter recusado a visita do deputado federal Wilson Santiago, também envolvido na mesma operação, é mentira, até porque a Polícia Federal não iria permitir “encontros” entre os envolvidos.

 

BOSCO FERNANDES   A família do médico Bosco Fernandes teria informado a algumas pessoas mais íntimas que ele estaria com uma depressão muito grande, igual ou maior da que já teve quando do falecimento de seu filho, ainda muito jovem, que ele estaria preparando para ser seu sucessor na vida pública. Os aliados e eleitores estariam aguardando a sua liberdade para recebê-lo com uma grande festa em Uiraúna. Sua popularidade não teria sido abalada, comentam alguns os analistas políticos da cidade.

 

INCÓGNITA   A Dra. Denise Oliveira, ex-prefeita de Cajazeiras, deverá se filiar ao partido Cidadania do qual o governador João Azevedo também irá ingressar. Já teria sido batido o martelo que ela seria a candidata das oposições em Cajazeiras. A ela que teria na última eleição sida “imposta” o “seu vice”, nesta as porteiras se abrirão por parte de João Azevedo e será negociada com os outros grupos políticos. Ainda é uma incógnita quem será o seu par em outubro deste ano.

 

NEGOCIAÇÃO  O prefeito José Aldemir, candidato a reeleição, estaria conversando com o deputado estadual Jeová Campos para que ele indique o nome do vice em sua chapa e o único gargalho seria outra composição quando das eleições para deputado estadual e Jeová quer o apoio dele para  sua reeleição ou do seu candidato. O muro a ser ultrapassado para esta composição se chama Paula Francinete, que não quer abrir de mão de sua reeleição. E agora José?

 

NEGOCIAÇÃO 2  José Aldemir estaria resistindo a esta composição, porque sabe perfeitamente de que do outro lado Jeová não teria a mínima chance desta negociação porque Júnior Araújo jamais aceitaria “renunciar” a sua reeleição para ter o vice de Denise indicado por Jeová.

 

DO FUNDO DO MAR  O prefeito de Bernardino Batista, Gervasio Gomes, conseguiu com o governo federal recursos oriundos do Pré-Sal, para calçar 11 ruas e os serviços já foram iniciados pela Rua Gabriel Ribeiro da Costa. Gervásio tá igual a peba:  indo buscar dinheiro nas profundezas da terra.

 

TIRANDO O JUÍZO  Ex-primeiras damas dos municípios de Cachoeira dos Índios e Poço Dantas estão tirando o juízo  dos prefeitos Alan Seixas e Dedé de Zé Candido. A história registra que ex-primeiras damas, em diversos municípios do Brasil, não só infernizaram a vida de seus ex-maridos, mas os levaram inclusive a perder os mandatos.

 

SALVANDO-SE   O deputado federal Wilson Santiago, que estava afastado do mandato, por decisão monocrática do Ministro Celso de Melo, acusado de receber propina da construtora encarregada de executar as obras de uma adutora na cidade de Uiraúna, após um placar de 233 votos a favor e 170 contra volta à Câmara, mas tem um processo pela frente que poderá levá-lo a perder o mandato. Da bancada da Paraíba Pedro Cunha Lima e Ruy Carneiro votaram pelo afastamento, Edna Henrique se absteve e o restante votou contra o afastamento.

 

SALVANDO-SE  Comenta-se nas esquinas e mesas de bares na cidade de Uiraúna, que o prefeito licenciado, Bosco Fernandes, poderá fazer uma “delação premiada” para se livrar da prisão e se for verdade, o mandato do deputado Wilson Santiago, que não está tão seguro, poderia ficar no fio de uma navalha.

 

FÔLEGO   A campanha feita pela Secretaria de Educação de Cajazeiras, em 2018, para atrair alunos para as escolas públicas municipais foi tão exitosa que a deste ano foi repetida com mais intensidade. Em 2018 o número de matrículas aumentou em 800 alunos o que significou um acréscimo em torno de 500 mil reais todos os meses para os cofres da prefeitura de Cajazeiras, fato que deu um grande fôlego para pagar aos professores.

 

 

MARCOS BARROS  O vereador Marcos Barros só falta agora ser nomeado assessor do governador João Azevedo, por duas semanas seguidas tem viajado para João Pessoa e quando indagado onde está, pelo watsap, responde: tô no palácio.  Eita menino esperto! Conspirar e contrainformar? É com ele mesmo, dizem seus aliados.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *