A Faisqueira do Gazeta

Coluna semanal do jornal Gazeta do Alto Piranhas

Caldo de bila   O sapateiro Antonio Gobira, ex-candidato a deputado federal e a prefeito de Cajazeiras, denominou o deputado federal Gervásio Maia, o mais votado em Cajazeiras, de “caldo de bila” em função do mesmo não ter posto um centavo de emenda de bancada para a cidade, mas não foi verdade, segundo o vereador Marcos Barros (PSB), o mesmo destinou 300 mil reais para o HUJB, para compra de equipamentos. Talvez, Cajazeiras merecesse mais um pouco.

Carlos Filho X Júnior Araújo   Depois de uma série de comentários que o candidato a prefeito pelas oposições de Cajazeiras seria o deputado estadual Júnior Araújo, o médico Carlos Filho, declarou na Radio Alto Piranhas, que ele tem o total apoio de seu primo para  enfrentar o atual prefeito, médico José Aldemir, que vai concorrer à reeleição.  O tempo é o senhor da razão.

Preterida  A vereadora Léa Silva teria sido “preterida” de ir a Brasília, com outros membros do Comitê pró-construção do HU do Sertão. Vale ressaltar que a mesma pra acompanhar o grupo, não precisaria de verbas da Câmara Municipal, já que o gabinete do deputado Efraim Filho, sempre esteve “escancarado” pra ela e mais pessoas que ela indicasse, não só com passagens, mas com local para se hospedar, motorista e carro a disposição de todos. É assim, quem pode, casa e batiza.

Novo partido  A professora Vera Soares de Oliveira Claudino, chanceler da Faculdade São Francisco,  poderá mesmo ser candidata à prefeita de Santa Helena, principalmente depois que saiu das fileiras do Democrata e deverá se filiar ao Progressista, e assumirá o comando do partido. Esta estratégia deve ter não só o dedo, mas as mãos e os pés do prefeito Zé Aldemir. O grande sonho de Vera é ser prefeita de sua terra.

Marcilio Cartaxo  O médico cajazeirense, Marcílio Cartaxo, poderá ser o candidato a vice-prefeito de Zé Aldemir. Marcílio, além de ser grande amigo de Zé, foi um dos que mais se empenhou na campanha do mesmo em 2016 e está sempre presente nas solenidades da prefeitura, prestigiando as ações administrativas de seu colega e grande companheiro.

Sofrido   Durante a solenidade de abertura da Expo Cajazeiras, que foi sucesso de público, o Padre Francivaldo do Nascimento Albuquerque, convidado para fazer a benção, na sua fala, explicitou a importância do evento, mesmo diante das dificuldades que passa o município e soltou a frase: “o nosso prefeito está sofrido”, foi motivo de risos, até mesmo de Zé Aldemir. São nas horas de sofrimento que precisamos das benções de Deus.

Sofrido 2  O prefeito Zé Aldemir tem se queixado que está trabalhando de graça, sem receber o que lhe devido, pois estaria com seus proventos bloqueados em função de já ter uma aposentadoria da Assembleia Legislativa e não pode acumular. Diz ele: “não é justo, a minha aposentadoria é um direito adquirido, mas não posso receber pelo meu trabalho, que é muito grande, como prefeito”. É lasqueira das grandes.  Está recorrendo.

Ao largo  Os filiados ao PSB de Cajazeiras, além de suas principais lideranças, diante da crise que passa o partido a nível estadual, enfiaram a “viola no saco” e nem em outra freguesia foram cantar. Estão deixando o pó sentar no fundo do pote para beberem água. E os aliados do partido, estes sim, estão passando ao largo, com quilômetros de distância.  Ninguém quer perder a “boquinha” no estado.

Passou a faca  Segundo o secretário de administração da prefeitura de Cajazeiras, Thiago Macambira, “houve diminuição nas gratificações e da folha de comissionados da prefeitura”. Possivelmente, com estas medidas, possa haver a estabilização das finanças, fato que permitirá pagar a folha como prevê a lei.

Audiência pública  Ao término da audiência pública, ocorrida na última sexta-feira, na Câmara Municipal, convocada pela Assembleia Legislativa da Paraíba, presidida pelo deputado Júnior Araújo, para debater as questões relativas ao Açude Grande de Cajazeiras, foi produzido um documento para os diversos órgãos do estado onde foram citados quais os problemas a serem enfrentados e suas possíveis soluções. E tem solução?

 Júnior Araújo   Quem não pede, Deus não houve. Assim, o deputado estadual Júnior Araújo fez um pedido ao senador Veneziano e o mesmo teria destinado recursos para compra de uma retroescavadeira e de verbas para custeio na área de saúde, para Cajazeiras, acompanhado de uma declaração: o povo merece e é em nome dele que quero lutar para tornar nossa cidade mais forte. Júnior não é da mesma ala partidária do prefeito Zé Aldemir. Se todos pensassem assim, seria ótimo.

VIA GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *