A Faisqueira do Gazeta

Coluna semanal do jornal Gazeta do Alto Piranhas

Não rias de mim, oh Sousa!  O deputado estadual Lindolfo Pires, da cidade de Sousa, tem conseguido escancarar as portas das secretarias do governo do estado para o prefeito Fábio Tyrone, a exemplo da recém-conquistada “Ponte das Pedrinhas”, que pode ser comparada a Rodovia da Produção, inaugurada na gestão de Ricardo Coutinho.

Não rias de mim, oh Sousa!  O próprio Lindolfo declarou: “sempre por perto, abrindo as portas das secretarias do governo João Azevedo para nossa cidade”. Enquanto isto os dois deputados da situação têm colocado arame farpado nas cercanias do palácio da Redenção para a cidade de Cajazeiras.

A hora é esta  Diz o ditado popular: quando as portas de deus se fecham, se escancaram as janelas de Nossa Senhora. O prefeito Zé Aldemir já comprou meia dúzia de pires para levar pra Brasília e sair pedindo nos ministérios obras, recursos e serviços, juntamente com o deputado federal Aguinaldo Ribeiro. Bolsonaro disse esta semana: “não dando para fazer negócios com o estado, farei diretamente com as prefeituras”. Zé tá esperando o que para viajar pra Brasília? É aproveitar o vácuo.

Um trator  Correligionários de Carlos Antonio andam falando aos quatro ventos, e com entusiasmo, que o jovem médico Carlos Filho é um verdadeiro trator para trabalhar. Com vínculo funcional no Hospital de Sousa, vem expandindo seus serviços também no Hospital Regional de Cajazeiras. Comenta-se que quanto maior a fila, mais se entusiasma para atender.

Léa Silva  A vereadora Léa Silva anda mais alegre que pinto em beira de cerca. É aquela velha história que é contada pelo ex-prefeito Zerinho: “quando eu não via mais de cinquenta pessoas na minha porta todos os dias me dava logo uma preocupação enorme”, assim está acontecendo com a vereadora Léa Silva, em cuja residência, nos últimos dias tem sido uma verdadeira romaria. Ela adora essa sintonia com o povo.

G 10   O famoso grupo formado por dez deputados estaduais da Assembleia da Paraíba vem se comportando de uma maneira que estaria “desagradando” o governador João Azevedo. Dos dez, apenas um teria comparecido a um café oferecido por ele. Como vai ser final desta “novela” é muito imprevisível, mas se fosse no governo de Ricardo, este grupo não teria sequer nascido, disse um fiel deputado.  João tem outro estilo, mas será que a corda vai arrebentar do lado dele? É muito provável que não.

G 10  Nas entrelinhas os deputados estão querendo as chamadas emendas impositivas, a exemplo do que já ocorre em algumas assembleias legislativas e na Câmara Federal, o que representa, segundo um porta voz do grupo, “um gesto de autonomia ou até mesmo um grito de liberdade do parlamento paraibano”. Será que vão conseguir colocar o governador num canto de parede?

 Miolo de pote  Fizeram uma publicação que a Praça José Marques, conhecida também como”dos blocos”, iria ser mudada para um nome de um cantor. Provavelmente este povo, por desconhecer a História de Cajazeiras, por falta e com preguiça de ir atrás de noticia, fica inventando estas lorotas e a cabeça parece miolo de pote: não tem nada.

Tempo recorde  O IDIB, órgão que está realizando o concurso público de Cajazeiras, cumpriu em tempo recorde a solicitação da juíza Mayuce Santos Macedo da 5ª Vara Mista da Comarca de Cajazeiras e o certame que havia sido suspenso por uma liminar, em menos de 24 horas ganhou condição de prosseguimento. No próximo dia 11 de agosto ocorrerão as provas práticas. Entre mortos e feridos todos escaparam.

Unidos ou separados  As conversas de bastidores continuam a todo vapor no sentido de unir as oposições em Cajazeiras, como é desejo do governador João Azevedo. Existem fortes barreiras para serem vencidas. Tem que arranjar um médico capaz de realizar um parto a fórceps para que esta criança nasça.

Pegando fogo  Há mais de ano das eleições municipais, em Cajazeiras, do jeito que está andando e pelos últimos acontecimentos parece que o pleito eleitoral vai ser daqui a um mês. As trincheiras já estão prontas, os cavalos selados e quem não montá-los vai ficar pra trás. Tem negociações tão avançadas que já tem articulação visando as eleições de deputado estadual em 2022.

VIA GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *