A esperança voltou?

TATYANA
AM3 – 250×250

Nada melhor que o futebol para protagonizar o inimaginável e é por isso que ele é tão amado por todos nós os seus admiradores. Pois bem, quem diria que aquele time do Atlético que vimos aqui contra o Auto Esporte e com o Botafogo, apático, sem vontade, preguiçoso, pudesse, de repente, com um toque do treinador Adelmo, se modificar, tornando-se um time com vontade, determinado e com uma raça do tamanho da sua torcida.

Foi o que vimos do Atlético contra o Campinense e, se não são as “ajudas” de Emanoel Diniz, o Trovão haveria de ter saído vitorioso. O Atlético se agigantou contra a Raposa, sabedor da qualidade do rubro negro de Campina Grande, bem postado em campo, fez uma partida excepcional. Essa partida será o arranque para a classificação? Boa pergunta, mas, a resposta só poderemos confirmá-la após o clássico deste domingo dia 18 quando em Cajazeiras o Trovão Azul vai receber o Dinossauro do Sertão.

Mas, voltando a falar sobre o jogo contra o Campinense, gostei e muito da postura do time coletivamente e dos jogadores na parte individual, foi outra equipe como destaquei anteriormente, acho que o bom papo do treinador Adelmo Soares e algumas alterações táticas de posicionamentos que vimos, foram bem aceitas pelos jogadores e desta feita, obedientes, os nossos atletas fizeram o dever de casa bem direitinho.

O certo é que apesar do empate, 1 a 1, todos que foram ao Colosso das Capoeiras, torcedores e imprensa, gostaram de ver o jogo que o Atlético demonstrou ser capaz de fazer. O entendimento é que só temos a melhorar com a chegada de Adelmo Soares e como ele conseguiu unir os jogadores, temos certeza que os próximos jogos seremos bem melhor que contra o Campinense.

Neste domingo dia 18, contra o Sousa em Cajazeiras, vamos ter uma decisão, uma final de “copa do mundo” como dizem aqui na terra do Padre Rolim e na terra de Bento Freire. Vai ser um jogo daqueles, esperamos que o Atlético possa confirmar toda a condição do futebol apresentado pelo time contra a Raposa e assim sendo vencer essa difícil equipe do Sousa Esporte Clube.

A esperança voltou? Entendo que sim, desde que os jogadores possam ter como exemplo o jogo contra o Campinense quando se entregaram em campo jogando com raça, determinação e muita aplicação tática.

Sim, espero que o senhor José Renato, comandante da arbitragem paraibana possa ter a sensatez de escolher para este clássico, um árbitro que aplique tanto as leis do futebol como a parte da disciplina e que ele não venha aqui como mais um Emanoel Diniz.

Insensato? Premeditado? – Nada justificou a escalação de um cidadão de Campina Grande para arbitrar um jogo de um clube da sua cidade. Na verdade, um ato de uma grandeza em termos de insensatez do senhor José Renato que é quem manda e desmanda na arbitragem do paraibano. Foi premeditada a escala? Isso não sei, apenas acho que é muito azar do Atlético o sorteio deste para um jogo de tamanha importância. Resultado de tudo isso? Na dúvida, a bola era do time Raposa. Cavou muitas faltas para o Campinense até que este conseguisse o empate. Tem mais, o treinador deste terminou por comandá-lo em campo. Matou o Atlético no cansaço.

Mais dois – Primeiro foi o treinador Ramiro Souza que fora emprestado pelo Botafogo para tentar “salvar” o Auto Esporte, não aguentou a sequencia de sofridas derrotas e pediu para voltar ao Belo. Alegou que os dirigentes não cumpriram a contratação de reforços e deixou o Macaco Altino. O segundo foi o treinador Suélio Lacerda da equipe do Serrano que vem cumprindo boa campanha. Suélio alegou que dirigentes estavam querendo interferir em seu trabalho e como não trabalha sobre pressão, pediu o boné e não mais treinará o time de Campina Grande.

BOLA DENTRO – Para o gramado do Perpetão. Simplesmente um tapete. Para melhorar ainda mais, as chuvas vão lhe dando um trato especial. Luizinho com as benção de Deus é o grande responsável e merece a NOTA 10!

BOLA FORA – Para a arbitragem paraibana que vem intervindo em muitos resultados no atual campeonato estadual. Uma tristeza para quem gostaria de ver os resultados obtidos no campo do jogo. Tudo errado. NOTA 0!

ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.