Mais de 40 casos de hanseníase estão sendo tratados em Cajazeiras


40052-hanseniase-ilustracao

A coordenação de Hanseníase da Secretaria de Saúde do município de Cajazeiras, continua trabalhando firme, juntamente com as equipes dos programas saúde da família, formadas por médicos, técnicos em enfermagem, enfermeiras e agentes comunitários de saúde que estão em contato direto com a população, no sentido de controlar, tratar e evitar que doenças como a hanseníase a tuberculose continuem a se espalhar.

O Coordenador de Hanseníase e tuberculose, da Secretaria de Saúde do município, o enfermeiro João Matias afirmou que atualmente são 42 casos de hanseníase diagnosticados em Cajazeiras e que estão acompanhados pela Secretaria de Saúde.

Esses números fazem parte de um cadastro nacional e são informados a Secretaria Estadual de Saúde e Ministério da Saúde. Ele disse que a principal dificuldade, principalmente em relação a tuberculose que diminuiu o número em relação ao ano passado é com relação a pacientes em situação de vulnerabilidade social, como moradores de rua, tendo em vista que não procuram tratamento.

Todos os casos em tratamento são acompanhados, tanto em relação a tuberculose, como também no que se refere a hanseníase, tudo para que o tratamento não seja abandonado, inclusive, também é feito um trabalho de reabilitação nos pacientes, especialmente de hanseníase com fisioterapeutas, tendo em vista que geralmente a doença deixa sequelas.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *