[2005] Morre comerciante Celso Vitoriano


enterro-celso-grafica-fev2005_701x441

Morreu na última segunda-feira, 21, em Fortaleza, o comerciante cajazeirense Francisco Vitorino de Lima(Celso Vitoriano), 68 anos, natural de Santa Helena, casado com Dona Lourdes Ferreira de Lima, e pai de três filhos: Laércio, Laercione e Celcione.

Radicado em Cajazeiras há mais de quatro décadas, Celso Vitoriano, como era mais conhecido, gozava de grande conceito na sociedade local. Foi proprietário da Lanchonete São Braz juntamente com o seu sogro, o saudoso Chico Aprígio, durante muitos anos. Depois, instalou a Gráfica Cajazeiras, que hoje se constitui num moderno parque gráfico da cidade.

Membro da Loja União Macônica Cajazeirense, ele conseguiu atingir o mais alto grau da Maçonaria. Não tinha área de atrito com nenhum segmento social de Cajazeiras. Um dos seus irmãos de Maçonaria, Rubens Farias de Albuquerque, lamentou profundamente a perda. Para ele, a Loja União Maçônica Cajazeirense perdeu um grande membro.

Celso Vitoriano estava internado em um dos hospitais de Fortaleza, há vários dias, onde tentava se recuperar de um AVC hemorrágico. O corpo chegou a Cajazeiras no início da noite de segunda-feira, e o sepultamento ocorreu na tarde de terça-feira, 22, no Cemitério de Nossa Senhora Aparecida, com grande acompanhamento.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS - ED 324 (25/02 a 03/03/2005)

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *